TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Alunos de comunidades do Rio desenvolvem aplicativo em parceira com estudantes dos EUA - Editoriais - Band News FM

Educação

Texto:
+
-

Alunos de comunidades do Rio desenvolvem aplicativo em parceira com estudantes dos EUA

A plataforma conecta voluntários do mundo inteiro

Por Andrezza Buzzani, às 15:43 - 22/04/2019 | Atualizado às 15:43 - 22/04/2019

00:00 / 00:00

O novo aplicativo já está disponível para a plataforma Android e, em breve, também para IOS. (Foto: Divulgação)

Aulas de programação se tornaram sinônimo de oportunidade para jovens moradores de comunidades no Rio. Alunos de um programa de desenvolvimento em tecnologia, que atua no Morro dos Prazeres e Complexo do Alemão, desenvolveram um aplicativo que conecta voluntários do mundo inteiro, em uma parceria com estudantes da Universidade de Standford, na California.

O projeto Vai na Web, criado em 2017, oferece aulas com foco em tecnologia e programação para jovens de 16 a 29 anos moradores dessa região. O curso, que completa dois anos, já formou cerca de 200 alunos. A expectativa é que a iniciativa também chegue às comunidades de São Paulo.

O aplicativo Match4Action, traduzido para o português como Conexão para Ação, foi idealizado pela ONG de mesmo nome, formada por um grupo de estudantes da Universidade de Standford e desenvolvido pelos alunos das comunidades cariocas. Ele é uma espécie de "Tinder Voluntário", funcionando como uma corrente do bem, uma vez que o sistema conecta voluntários às ações sociais que demandam apoio ao redor do mundo.

A co-fundadora do Vai na Web, Aline Fróes, fala sobre as contribuições da iniciativa. A Ana Beatriz Araújo, moradora da comunidade da Fazenda, no Complexo do Alemão, hoje é programadora. Ela conheceu o Vai Na Web quando saiu da faculdade de administração e agora trabalha em um start up em São Paulo. Ela conta que, desde então, muitas portas se abriram depois de participar do programa.

Além das aulas focadas em linguagens de programação, construção de sites, aplicativos e interfaces digitais, o curso tem 25% de sua grade voltado para as habilidades socioemocionais, onde os estudantes aprendem sobre comunicação não-violenta, elevação coletiva e diversidade.

O novo aplicativo já está disponível para a plataforma Android e, em breve, também para IOS.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU