TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Após cheias de rios mais de três mil pessoas estão desalojadas no Noroeste Fluminense - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Após cheias de rios mais de três mil pessoas estão desalojadas no Noroeste Fluminense

O Noroeste Fluminense sofreu com enchentes provocadas pelo temporal em Minas Gerais, neste fim de semana

Por Andrezza Buzzani, às 15:47 - 22/02/2021

00:00 / 00:00

Segundo a prefeitura, a cheia do Rio Carangola alagou 80% das ruas da cidade (Foto: Divulgação/Prefeitura de Porciúncula)

Depois das cheias dos rios que cortam o Noroeste Fluminense, no fim de semana, mais de três mil pessoas ficaram desalojadas, ruas foram alagadas e o abastecimento de água precisou ser interrompido temporariamente em pelo menos três municípios.

As enchentes foram provocadas pelo temporal que atingiu Minas Gerais e aumentou o nível dos rios. Somente em Porciúncula, 3.100 pessoas estão desalojadas.

Segundo a prefeitura, a cheia do Rio Carangola alagou 80% das ruas da cidade. No sábado (20), a água tomou conta do centro. Um dia depois (21), equipes da prefeitura precisaram usar um barco para levar água para os moradores do bairro Operário.

Ao todo, segundo o prefeito de Porciúncula, Leo Coutinho, mais de 8.600 moradores foram afetados pela chuva.

Nesta segunda-feira (22), o prefeito foi à Brasília pedir melhorias para a cidade.

Em Natividade, um comerciante ficou ferido após ser atingido por um deslizamento de terra no sábado (20). Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Já em Bom Jesus de Itabapoana, 53 pessoas ficaram desalojadas e tiveram que ir para casas de familiares. Outras 45 que ficaram desabrigadas por causa das chuvas estão sendo assistidos em duas escolas municipais.

A Cedae chegou a interromper temporariamente o funcionamento da Estação de Tratamento de Água de Porciúncula, Natividade e de Carabuçu, distrito de Bom Jesus do Itabapoana.

Itaperuna entrou no nível de alerta, devido ao transbordamento do Rio Muriaé, que passa pela cidade, mas não houve registro de desalojados ou desabrigados, de acordo com o Secretário de Defesa Civil e Ordem Pública, o Major da PM Luz.

No domingo (21), o secretário de Estado de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro, visitou os municípios de Porciúncula e Natividade. Vão ser doados mais de mil litros de água, 200 cestas básicas e carros-pipa para as famílias afetadas.

Em janeiro do ano passado, o rompimento de parte de dois diques no distrito de Três Vendas, em Campos dos Goytacazes, fez com que centenas de famílias tivessem que abandonar as casas. Na época, 15.600 pessoas ficaram desabrigadas em 13 municípios das regiões Norte e Noroeste.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU