TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Após liberação, rodas de samba devem seguir regras - Editoriais - Band News FM

Música

Texto:
+
-

Após liberação, rodas de samba devem seguir regras

Mesas e cadeiras devem ser reorganizadas, respeitando o espaçamento mínimo de dois metros de distância

Por Gustavo Sleman, às 14:23 - 04/10/2020 | Atualizado às 21:40 - 04/10/2020

00:00 / 00:00

A medida deve ser publicada em Diário Oficial na próxima terça-feira (6) (Foto: Reprodução)

Após autorização da Prefeitura do Rio para voltarem ser realizadas, as rodas de samba vão ter que seguir uma série de regras. A medida deve ser publicada em Diário Oficial na próxima terça-feira (6), no entanto, o município já antecipou quais orientações são necessárias para que os eventos ocorram.

Mesas e cadeiras devem ser reorganizadas, respeitando o espaçamento mínimo de dois metros de distância entre elas. Já os artistas devem utilizar máscara durante todo o tempo, exceto quando estiverem se apresentando no palco. Todas as pessoas envolvidas no backstage também devem usar materiais de proteção.

A liberação foi anunciada depois de protestos de músicos, que questionaram por qual motivo as rodas de samba não foram incluídas na fase 6B das medidas de flexiblização, que tratou dos espaços com música ao vivo.

Um dos organizadores da roda da Pedra do Sal, no Centro, Jefferson Oliveira comemorou a decisão. Para DJ Jeffinho, como é conhecido, os participantes vão precisar se adaptar.

Apesar dessa liberação das rodas de samba, os eventos nas quadras de escolas de samba e pistas de dança continuam proibidos. Na última quinta-feira (1º), a capital fluminense entrou na Fase 6B de flexibilização das medidas restritivas contra a Covid-19.

Estão liberados eventos culturais com 50% da capacidade em espaços abertos, música ao vivo em bares e restaurantes, aulas de hidroginástica com metade da capacidade e casas de show, também com a metade do público. 

NEWSLETTER
OU