TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Após previsão de rombo em 2021, Cláudio Castro diz que Governo do Estado vai encerrar 2020 no azul - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Após previsão de rombo em 2021, Cláudio Castro diz que Governo do Estado vai encerrar 2020 no azul

O governador em exercício anunciou que o saldo de dezembro deve ser de aproximadamente R$ 600 milhões

Por Ryan Lobo, às 19:22 - 11/11/2020 | Atualizado às 21:42 - 11/11/2020

00:00 / 00:00

A afirmação aconteceu durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (11) (Foto: Divulgação/Governo do Estado)

Após enviar para a Assembleia Legislativa do Rio uma proposta de orçamento para 2021 que prevê um rombo de R$ 20,25 bilhões para 2021, o governo do Rio afirmou que vai encerrar o ano com as contas no azul. O governador do Rio em exercício, Cláudio Castro, anunciou que o saldo de dezembro deve ser de cerca de R$ 600 milhões.

As principais razões apresentadas para o resultado são: o socorro financeiro que a União deu para os estados e municípios, a renegociação de contratos de antecipação de royalties e do contrato da Petrobras. Além disso, o estado apresentou aumento da arrecadação de ICMS no segundo semestre e fez uma série de parcerias com o Ministério Público do Rio e o Tribunal de Justiça do Rio, por exemplo.

Para Cláudifo Castro, o resultado obtido em meio a crises causadas pela queda do preço do barril de petróleo e pela pandemia da Covid-19 é motivo de celebração.

Segundo o governador em exercício, em agosto, quando assumiu o cargo após o afastamento de Wilson Witzel, o déficit do estado era de R$ 6,8 bilhões. Atualmente, as contas do estado ainda estão no vermelho em cerca de R$ 600 milhões, mas ele acredita na reversão do quadro até o fim do ano.

O secretário Estadual de Fazenda, Guilherme Mercês, lembrou que a finanças do estado não terminavam com saldo positivo há anos.

Cláudio Castro anunciou ainda que o décimo terceiro salário dos servidores do estado vai ser pago integralmente no dia 15 de dezembro. Já os vencimentos de outubro serão depositados na sexta-feira (13), e os de novembro em primeiro de dezembro.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU