TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Após troca da sede da final, torcedores buscam soluções para problemas com passagens - Editoriais - Band News FM

Flamengo

Texto:
+
-

Após troca da sede da final, torcedores buscam soluções para problemas com passagens

O Procon orienta os torcedores que já haviam comprado ingresso a procurarem unidades do órgão

Por Gustavo Sleman, às 20:15 - 06/11/2019 | Atualizado às 10:02 - 07/11/2019

00:00 / 00:00

A troca de Santiago, no Chile, para Lima, no Peru, pegou muitos torcedores de surpresa (Foto: Reprodução )

Como se não bastasse toda a ansiedade pelo duelo contra o River Plate dentro de campo, a incerteza fora das quatro linhas em relação a sede da final da Libertadores se tornou uma nova dor de cabeça para flamenguistas.

A troca de Santiago, no Chile, para Lima, no Peru, pegou muitos torcedores de surpresa, principalmente aqueles que já haviam comprado ingresso e passagens para a capital chilena. É o caso do servidor público Fábio Domingos, que em busca de soluções, entrou em contato com o Procon. Apesar do novo obstáculo, ele se mantém confiante em relação ao título do Flamengo.

O Procon orienta os torcedores que já haviam comprado ingresso a procurarem unidades do órgão nas cidades em que moram. De acordo com Fernando Capez, diretor-executivo do Procon-SP, apesar da Conmenbol não ter culpa pelos motivos que causaram a mudança, a legislação prevê que ela responda judicialmente.

Uma reunião na sede da Conmebol na terça-feira (5) alterou o palco da final, que saiu do Estádio Nacional de Santiago para o Estádio Monumental 'U'. A decisão foi tomada por conta das manifestações que acontecem no Chile. 

De lá para cá, os preços dos voos para Lima, principalmente aqueles saindo do Rio de Janeiro, subiram exponencialmente. As passagens, que normalmente custam menos de R$ 2 mil, podem variar de R$ 8 mil a até R$ 20 mil. O presidente do Procon do Rio, Cássio da Conceição Coelho, explica que não existe um instrumento específico para regular esse tipo de ação.

Quem não pode desembolsar um alto valor com o voo pode ir até a capital peruana de ônibus. O coletivo sai uma vez por semana da Rodoviária do Rio, na região central da cidade, e antes de chegar ao destino, em 5 dias, percorre outros estados como São Paulo, Mato Grosso e Acre.

A data da final da Libertadores está mantida para o dia 23 de novembro. 

NEWSLETTER
OU