TRANSPORTE
NO RIO

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Ruim
Avião Bom
Câmara Municipal de Queimados retoma atividades com futuro de prefeito incerto - Editoriais - Band News FM

Política

Texto:
+
-

Câmara Municipal de Queimados retoma atividades com futuro de prefeito incerto

Carlos Vilela havia sido afastado do cargo

Por Marcus Sadok, às 19:23 - 13/10/2019 | Atualizado às 19:27 - 13/10/2019

00:00 / 00:00

Vilela voltou ao cargo após decisão judicial (Foto: Divulgação | Prefeitura de Queimados)

A Câmara de Vereadores de Queimados, na Baixada Fluminense, retoma as atividades nesta segunda-feira (14) com a expectativa pelos próximos passos do processo de impeachment contra o prefeito Carlos Vilela, do MDB. O legislativo pode recorrer da decisão judicial que determinou o retorno do prefeito ao cargo. 

Vilela havia sido afastado do Executivo Municipal pela comissão processante, que investiga ato de improbidade administrativa do político. No entanto, na sexta-feira, a Justiça determinou que Vilela retomasse a Prefeitura.

A decisão é do juiz Luís Gustavo Vasques, que relatou ser inadmissível o afastamento do prefeito por meio de uma comissão.

Na semana passada, 9 dos 17 parlamentares da cidade votaram pelo afastamento de Carlos Vilela. 

Segundo a Câmara de Queimados, a comissão investigará a infração politico-administrativa de Vilela, por falta de repasse de cerca de R$ 48 milhões ao PREVIQUEIMADOS (Instituto de Previdência dos Servidores do Município) e não cobrança de débito sobre serviço (ISS). 

Votaram pelo afastamento de Carlos Vilela: o presidente da Câmara, professor Nilton Moreira Cavalcante, Wilsinho de Três Fontes, ambos do MDB, partido do próprio prefeito, Maurício do Vila, Getulio do Tutu e Tuninho Vira Virou, do PP, Antônio Almeida e Júlio do Inconfidência, ambos do PSDB, Adriano Moriê (PRP) e Cinei (PTB). 

NEWSLETTER
OU