16 Cº 25 Cº Rio de Janeiro
(21) 2542-2132 [email protected] (21) 99623-6060
Cariocas fazem "esfihaço" para ajudar vendedor refugiado da Síria - Editoriais - Band News FM
Plantão

Cidade

Texto:
+
-

Cariocas fazem "esfihaço" para ajudar vendedor refugiado da Síria

Mohamed foi agredido verbalmente por outros ambulantes

00:00 / 00:00

Milhares de pessoas fizeram uma fila na Rua Santa Clara, em Copacabana (Foto: Reprodução)

Centenas de pessoas formaram longas filas durante todo o dia no "Esfihaço" em solidariedade à Mohamed Ali. O refugiado sírio fugiu da guerra no Oriente Médio e veio tentar recomeçar a vida no Brasil. Nesta semana, ele foi agredido verbalmente por vendedores ambulantes em Copacabana, na Zona Sul da cidade, no ponto onde o imigrante vende os salgados típicos do país de origem.

As cenas do ataque xenófobo repercutiram nas rede sociais. O empresário Guilherme Benedictis organizou uma vaquinha virtual para conseguir um Food Truck para Mohamed. Além disso, marcou para a manhã deste sábado na Rua Santa Clara o evento que tinha o objetivo de mostrar que o povo brasileiro está de braços abertos para os refugiados.

Com mais de mil salgados vendidos durante o dia, Mohamed agradeceu o carinho do povo que o recebeu e mostra que o que o ataque sofrido é um caso isolado. Ele postou um vídeo nas redes sociais durante o evento.

 

O sírio recebeu a licença para trabalhar na zona sul do Rio das mãos do prefeito Marcelo Crivella. Ele também foi homenageado pela Câmara de Vereadores.

Por Marcus Sadok, às 12/08/2017 - 18:22

NEWSLETTER
OU