TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Carnaval: episódios de violência continuam frequentes - Editoriais - Band News FM

Polícia

Texto:
+
-

Carnaval: episódios de violência continuam frequentes

Até o momento, onze pessoas foram presas devido aos crimes na orla da capital fluminense

Por Gustavo Sleman, às 22:23 - 12/02/2018 | Atualizado às 22:27 - 12/02/2018

00:00 / 00:00

Delegacia Especial de Apoio ao Turismo teve procura alta por causa de ocorrências na Zona Sul. (Foto: Reprodução TV Band)

Em meio à folia do Carnaval, diversos casos de violência foram registrados em diferentes regiões do estado do Rio de Janeiro. Logo durante a madrugada desta segunda-feira (12), moradores da Rua Duque Estrada, onde mora o prefeito de Niterói, na Região Metropolitana, foram alvos de criminosos que renderam dois motoristas e fugiram com um dos carros.

Na Zona Sul da capital fluminense não foi diferente. Entre a noite de sábado (10) e madrugada desta segunda-feira (12), cenas de violência se tornaram frequentes na região. Ao menos oito pessoas foram vítimas de assaltos. Turistas chegaram a ser vítimas de um arrastão próximo a um dos hotéis mais luxuosos da cidade.

Tudo isso aconteceu em áreas que tinham promessa de policiamento reforçado pela Operação Carnaval, anunciada pelo governador Luiz Fernando Pezão. O que espanta quem frequenta esses pontos de grande movimento.

Ainda na Zona Sul, dois policiais militares foram baleados enquanto tentavam impedir o roubo de um carro no Leblon, no domingo (11). Eles ficaram levemente feridos e não correm risco de morte. Mas este não foi o único caso de violência contra agentes de segurança. Em Copacabana, um policial civil foi espancado por bandidos enquanto abordava um suspeito em uma festa.

No Centro, um agente do programa Lapa Presente foi ferido durante um ataque de pessoas vestidas de bate-bolas. Ele foi atendido no Hospital Central da PM, onde segue em observação. A Polícia Civil investiga os casos.

Na tarde desta segunda-feira (12), mais uma pessoa foi vítima de bala perdida no Rio. Desta vez, um morador do Complexo Alemão, que não teve a identidade divulgada, foi atingido no pé durante um confronto entre policias militatres e criminosos. Com este caso, sobe para 39 número de vítimas de balas perdidas no estado do Rio em 2018. O levantamento é da rádio BandNews FM.

Para a Operação Carnaval, 17 mil policiais militares foram escalados para garantir a segurança dos foliões. Até o momento, onze pessoas foram presas devido aos crimes na orla da capital fluminense.

NEWSLETTER
OU