TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Cerca de um 1,5 milhão de pessoas enfrenta falta de água no RJ - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Cerca de um 1,5 milhão de pessoas enfrenta falta de água no RJ

O desabastecimento acontece há pelo menos duas semanas

Por Amanda Martins, às 14:34 - 27/11/2020 | Atualizado às 14:35 - 27/11/2020

Cerca de um 1,5 milhão de moradores de mais de 20 bairros do Rio, além de Nilópolis, na Baixada Fluminense, continuam sem água, por conta de um problema em uma elevatória da Cedae. O desabastecimento acontece há pelo menos duas semanas. Em alguns locais, quando a água chega, vem suja e com cheiro forte.

Mesmo com a torneira seca e tendo que encher baldes de água para usar em casa, moradores já receberam a conta com vencimento em janeiro. Alguns já estão com medo da situação e a saída passou a ser encher baldes e bacias.

A professora Carmen de Luca, moradora de Santa Teresa, Centro do Rio, conta que o prédio onde mora adotou um esquema de racionamento para economizar o pouco de água, que ainda resta nas cisternas.

No Grajaú, na Zona Norte do Rio, a contratação de caminhões pipa já é realidade para bancário Edevaldo Júnior e dos vizinhos dele. Juntos, eles já gastaram quase R$ 3 mil com o serviço.

O problema no fornecimento de água começou após um defeito em uma das bombas da Elevatória Lameirão. Técnicos detectaram uma falha em uma das peças do local, o que reduziu o funcionamento para 75%.

O prazo para regularização é de três semanas. A Cedae foi notificada pelo Ministério Público e criou um gabinete de crise para tratar os assuntos relacionados ao serviço na Elevatória.

NEWSLETTER
OU