TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Coronavírus no Flamengo: sete jogadores passarão por novos exames nesta segunda-feira - Editoriais - Band News FM

Flamengo

Texto:
+
-

Coronavírus no Flamengo: sete jogadores passarão por novos exames nesta segunda-feira

Caso os novos resultados sejam negativos, os atletas poderão participar da partida contra o Independiente del Valle, pela Copa Libertadores marcada para a próxima quarta-feira (30)

Por Daniella Dias, às 10:49 - 28/09/2020 | Atualizado às 19:03 - 28/09/2020

Ao todo o Flamengo tem 19 jogadores contaminados pela doença (Foto: Agência Brasil)

Sete jogadores do Flamengo vão passar por novos exames nesta segunda-feira (28) para saber se já estão curados da covid-19. São eles: Isla, Matheuzinho, Filipe Luís, Diego Ribas, Bruno Henrique, Michael e Vitinho. Os testes são de responsabilidade da Conmebol.

O rubro-negro anunciou que o grupo testou positivo para a doença no dia 20 de setembro. Caso os novos resultados sejam negativos, os atletas poderão participar da partida contra o Independiente del Valle, pela Copa Libertadores marcada para a próxima quarta-feira (30). Isso porque de acordo com o protocolo da Conmebol, quem testar negativo após dez dias de quarentena, pode entrar em campo.

Além dos sete jogadores, o grupo que jogou contra o Palmeiras ontem em São Paulo também será examinado no Ninho do Urubu, assim como funcionários do Centro de Treinamento.

Ao todo o Flamengo tem 19 jogadores contaminados pela doença, além de outros integrantes do clube. No total, já passa de 30 o número de contaminados.

O surto de coronavírus no rubro-negro causou uma guerra de liminares na Justiça iniciada na sexta-feira e finalizada dez minutos antes da partida do rubro-negro contra o Palmeiras, no Allianz Parque pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro que terminou em 1 a 1.

A partida só foi iniciada após o Tribunal Superior do Trabalho acatar o pedido da CBF e cassar a liminar do Tribunal Regional do Trabalho, do Rio, que determinava o adiamento do jogo devido ao surto de Covid-19 no Flamengo. Inicialmente a CBF e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva também tinham negado o pedido do Flamengo de suspender o jogo.

Na decisão que autorizou a partida, o vice-presidente do TST, Vieira de Mello Filho, alegou que a decisão feita pelo TRT do Rio ultrapassou o limite territorial, já que a partida aconteceria em São Paulo.

NEWSLETTER
OU