TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Crefito-2 denuncia falta de filtro em Hospital de Campanha do Maracanã - Editoriais - Band News FM

Coronavírus

Texto:
+
-

Crefito-2 denuncia falta de filtro em Hospital de Campanha do Maracanã

Uma das preocupações do conselho é a exposição ao risco para quem passa pela região

Por Caroline Lacerda, às 22:39 - 04/06/2020 | Atualizado às 08:36 - 05/06/2020

00:00 / 00:00

Foram encontrados respiradores fora de uso (Foto: Crefito2)

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional denuncia que o Hospital de Campanha do Maracanã, na Zona Norte do Rio, não tem o filtro que evita a contaminação do ambiente pela Covid-19.

Uma das preocupações do Crefito é a exposição ao risco para quem passa pela região.

A entidade alega que estudos apontam que o coronavírus resiste por até três horas na forma de aerossol, ou seja, se uma pessoa infectada espirrar, o ar fica contaminado neste período.

O presidente do conselho, Wilen Heil de Silva, recomenda que a população evite fazer caminhadas ao redor do Maracanã.

A Federação de Futebol do Estado está analisando a retomada dos jogos em três estádios, entre eles, o Maracanã. A decisão ainda será acertada com os clubes que disputam o Campeonato Carioca. O protocolo Jogo Seguro - Fase 2 - de retorno aos jogos, será apresentado pela Ferj no sábado (6).

Durante uma vistoria, o Crefito também constatou que alguns equipamentos do hospital de campanha estavam ultrapassados, além de respiradores fora de uso.

O presidente do Conselho diz que as denúncias foram encaminhadas ao Ministério Público do Rio.

Procurado, o IABAS informou que o hospital tem todos os pré-requisitos para o atendimento de pacientes críticos e que dispõe dos materiais e medicamentos necessários.

Sobre a contaminação do ar, a OS ressaltou que os ventiladores da unidade têm filtros e que o sistema de ar condicionado é equipado com filtro Hepa, com alcance a toda a unidade. O IABAS alega ainda que todos os colaboradores recebem EPIs.

NEWSLETTER
OU