TRANSPORTE
NO RIO

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Ruim
Avião Bom
Criminosos do Complexo da Maré lucram mais de R$ 1,2 milhão com o roubo e revenda patinetes elétricos - Editoriais - Band News FM

Polícia

Texto:
+
-

Criminosos do Complexo da Maré lucram mais de R$ 1,2 milhão com o roubo e revenda patinetes elétricos

De acordo com as investigações, o grupo vendia os equipamentos por R$ 300,00

Por Marcus Sadok, às 10:52 - 17/10/2019 | Atualizado às 17:35 - 17/10/2019

00:00 / 00:00

A venda dos patinetes é feita pelas redes socias (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A Justiça decretou a prisão de dois criminosos do Complexo da Maré, na Zona Norte, que lucraram mais de R$ 1,2 milhão com o roubo e revenda de mais de 4 mil patinetes elétricos. Rodrigo Silva Caetano, o Motoboy, e Alexandre de Mesquita estão foragidos. Eles apontados como chefes do tráfico da Nova Holanda, que faz parte do conjunto de favelas.

De acordo com as investigações, o grupo vendia os patinetes por R$ 300,00 reais e anunciava os produtos nas redes sociais, com direito a funk. O prejuízo da empresa que administra os patinetes supera os R$ 10 milhões, segundo delegado responsável pelo caso. Flavio Narciso explica como funcionava o esquema criminoso.

Patinetes elétricos são vistos em diferentes regiões do Rio. Os usuários de drogas recebiam cerca de R$ 30,00 em substâncias ilícitas em troca do equipamento.

Cada patinete do modelo que é usado para aluguel custa em média R$ 2 mil, quando vendido de maneira regular. A Polícia Civil deve realizar uma série de ações na Maré para tentar localizar os foragidos.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU