TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Crivella decide proibir desfile simultâneo de dois grandes blocos na Zona Sul - Editoriais - Band News FM

Blocos de Rua

Texto:
+
-

Crivella decide proibir desfile simultâneo de dois grandes blocos na Zona Sul

A informação foi divulgada pela Prefeitura na Internet, após confusão no Bloco da Favorita

Por Pedro Antonio Guimarães, às 08:56 - 14/01/2020 | Atualizado às 14:25 - 14/01/2020

00:00 / 00:00

O objetivo é evitar a concentração excessiva de pessoas nas ruas da região (Foto: Agência Brasil)

Após a confusão no Bloco da Favorita, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, no último domingo (12), o prefeito Marcelo Crivella decidiu proibir que dois blocos grandes desfilem no mesmo dia na região.

O objetivo é evitar a concentração excessiva de pessoas nas ruas da região. A informação foi divulgada pela Prefeitura em páginas na Internet. Ainda não há um detalhamento de como será a logística.

Os representantes dos moradores da Zona Sul estiveram no Palácio da Cidade, em Botafogo, nesta segunda-feira (13), e se reuniram com Marcelo Crivella. O prefeito afirmou que nesta terça-feira (14), haverá uma reunião entre representantes de diversos órgãos para ajustar o planejamento, mas não revelou o horário.

Os blocos considerados grandes na região são: Banda de Ipanema e Simpatia É quase Amor, em Ipanema, Suvaco de Cristo, no Jardim Botânico, Orquestra Voadora, no bairro do Flamengo e Mulheres de Chico, no Leme. De acordo com a lista divulgada pela Riotur nenhum desses blocos tem desfiles previstos para o mesmo dia.

A Prefeitura considera megablocos, cordões que levam público acima de 250 mil pessoas. No Centro do Rio estão concentrados pelo menos cinco blocos que arrastam a multidão como Bloco da Petra, Fervo da Lud, Bloco das Poderosas, além de Monobloco e Cordão da Bola Preta.

No domingo (12), 34 pessoas foram encaminhadas para hospitais depois do tumulto na dispersão do bloco, com pelo menos um estudante em estado grave. João Vitor teve afundamento facial e ferimentos no braço.

A Polícia Civil investiga se um agente da instituição foi agredido e teve arma e celular roubados, na Central do Brasil, enquanto voltava do Bloco da Favorita. Jaime Hércules Santos Ferreira foi socorrido para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele passou por exames e teve alta.

A musa da Unidos da Tijuca, Ana Paula Evangelista, também fraturou o punho durante confusão. De acordo com a Polícia Civil, 28 pessoas foram presas em flagrante durante o evento. Também foram cumpridos um mandado de prisão e duas buscas e apreensão de menores.

De acordo com a Guarda Municipal, uma equipe foi atacada por ambulantes que atiraram garrafas de vidro, pedras e objetos, enquanto os agentes atuavam para a liberação das vias na região.

Cinco agentes da Guarda Municipal ficaram feridos, mas sem gravidade. Cinco viaturas tiveram os vidros quebrados. A Guarda disse que precisou usar equipamentos de menor potencial ofensivo para conter o tumulto nas proximidades do Hotel Copacabana Palace.

Em nota, os organizadores do Bloco da Favorita disseram que cumpriram todas as obrigações necessárias para o evento e que questões relacionadas à segurança pública, ordenamento urbano e transporte são de responsabilidade do poder público.

*Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio

NEWSLETTER
OU