TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Dois adolescentes vítimas de bala perdida passam bem - Editoriais - Band News FM

Violência

Texto:
+
-

Dois adolescentes vítimas de bala perdida passam bem

Os casos ocorreram em um intervalo de um dia

Por Ryan Lobo*, às 10:29 - 15/01/2020 | Atualizado às 15:31 - 15/01/2020

Os dois adolescentes, vítimas da violência no Rio de Janeiro no início desta semana, têm quadro de saúde estável. Os casos aconteceram em um intervalo de pouco mais de 24 horas.

O caso mais recente aconteceu na segunda-feira (13), quando Andrey Moisés, de 13 anos, foi atingido por uma bala perdida no maxilar na Cidade de Deus, na Zona Oeste. O menino foi socorrido por moradores e levado para a UPA da comunidade. Depois, ele foi transferido para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na mesma região, onde passou por uma cirurgia.

A mãe dele, Adriana Ferreira, de 43 anos, disse que o menino estava brincando com bolinhas de gude na porta de casa no momento em que foi atingido.

A Polícia Militar informou que agentes realizavam uma operação na comunidade. Um suspeito foi preso e uma pistola foi apreendida. Segundo a corporação, uma hora depois, os policiais foram informados sobre o ferido.

Um dia antes, Juliana Marconi Bitencourt, de 17 anos, foi atingida por uma bala perdida na Linha Vermelha, na Zona Norte do Rio. A bala quebrou o vidro do carro em que ela estava e atingiu o pescoço da vítima.

A menina passou por uma cirurgia no Hospital Federal de Bonsucesso, na mesma região, e permanece internada no Centro de Terapia Intensiva, com quadro de saúde estável. A Polícia Civil também investiga o caso.

Somente em 2020, em todo o estado do Rio, cinco pessoas foram atingidas por balas perdidas. Destas, três morreram.

*Estagiário sob supervisão de Christiano Pinho

NEWSLETTER
OU