TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Dois tradicionais blocos da Zona Sul devem manter horários à tarde - Editoriais - Band News FM

Blocos de Rua

Texto:
+
-

Dois tradicionais blocos da Zona Sul devem manter horários à tarde

A medida contraria a decisão da Prefeitura de transferir o desfile para o horário da manhã

Por Marcus Sadok, às 12:02 - 20/01/2020 | Atualizado às 13:22 - 20/01/2020

00:00 / 00:00

A Sebastiana aguarda um posicionamento do Ministério Público sobre o caso. (Foto: Divulgação/Riotur)

A Sebastiana, Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro deve manter o horário do desfile de dois tradicionais blocos que saem em Ipanema e têm causado polêmica entre os moradores, Prefeitura e organizadores. Banda de Ipanema e Simpatia é Quase Amor, que desfilam tradicionalmente no período da tarde, foram transferidos para o horário da manhã pelo prefeito Marcelo Crivella.

O Município diz que os moradores solicitaram a mudança do horário depois dos problemas com lixo e destruição do patrimônio público e privado após os blocos no ano passado. A Sebastiana aguarda um posicionamento do Ministério Público sobre o caso.

A presidente da Associação, Rita Fernandes, critica a Prefeitura do Rio pela mudança do cronograma já acertado com os blocos desde o ano passado.

Em 2019, assim como em anos anteriores, o Simpatia é Quase Amor reuniu uma multidão na orla de Ipanema, entre às 14 horas e 20 horas. Já a Banda de Ipanema desfilou entre às 15 horas e 21 horas.

Na semana passada, depois do pedido da Associação de Moradores de Ipanema, a Prefeitura decidiu alterar o horário dos Blocos. A operação do município começa 7 horas às 12 horas e os desfiles devem acontecer de 9 horas às 12 horas.

O Simpatia é Quase Amor sai no dia 15/2, um sábado antes do Carnaval e no domingo de folia, 23/3 e a Banda de Ipanema, no sábado e terça de Carnaval. Nos dias, há megablocos desfilando no Centro do rio, no mesmo horário.

A preocupação entre os envolvidos na organização do Carnaval está no desfile e na dispersão dos blocos, depois da confusão que aconteceu ao final da abertura oficial da festa, na Praia de Copacabana, no Bloco da Favorita. 34 pessoas precisaram de atendimento médico e foram levadas aos hospitais.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU