TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Eduardo Paes é inocentado da acusação de improbidade administrativa - Editoriais - Band News FM

Justiça

Texto:
+
-

Eduardo Paes é inocentado da acusação de improbidade administrativa

O Ministério Público moveu ação alegando que o ex-prefeito do Rio deixou um suposto rombo no caixa do município

Por Marcus Sadok, às 07:57 - 14/01/2020 | Atualizado às 07:59 - 14/01/2020

A decisão é da juíza Aline Maria Gomes, da 4ª Vara de Fazenda Pública (Foto: Agência Brasil)

A Justiça inocenta o ex-prefeito Eduardo Paes, do DEM, da acusação de improbidade administrativa. A ação movida pelo Ministério Público alega que o político deixou um suposto rombo no caixa do município no fim do último mandado.

Além de Paes, o ex-subsecretário de Orçamento Carlos Evandro Viegas, o ex-controlador-geral do Município Antonio Cesar Lins Cavalcanti e o ex-presidente da Empresa Municipal de Informática, Fábio Pimentel de Carvalho também foram inocentados.

A decisão é da juíza Aline Maria Gomes, da 4ª Vara de Fazenda Pública. Segundo a magistrada, Paes não cometeu ilegalidades ao cancelar, dias antes de sair do Governo, o pagamento de despesas feitas pela Prefeitura e, portanto, não desrespeitou dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal.

A juíza Aline Maria Gomes também disse que Paes deixou R$ 545,95 milhões de caixa após a saída da Prefeitura.

A decisão contradiz o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que disse, nos últimos anos, que os problemas financeiros do município foram causados pelo suposto rombo deixado pelo antecessor, Eduardo Paes.

NEWSLETTER
OU