TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Epidemiologistas brasileiros alertam sobre a velocidade de propagação do novo coronavírus - Editoriais - Band News FM

Coronavírus

Texto:
+
-

Epidemiologistas brasileiros alertam sobre a velocidade de propagação do novo coronavírus

Especialistas apontam que o estado do Rio pode ter um índice de propagação muito maior, em comparação com outros países

Por Emily Almeida, às 11:28 - 26/03/2020 | Atualizado às 11:36 - 26/03/2020

São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília são os pontos altos de transmissão do vírus (Foto: Agência Brasil)

Uma nota técnica elaborada por sete epidemiologistas do país aponta que o novo coronavírus está se propagando mais rápido do que a maioria das previsões indicavam.

De acordo com as simulações dos especialistas, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília atuam como eixos de disseminação da infecção em outras cidades do Brasil.

Estão à frente do estudo, publicado na quarta-feira (25), professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro, da Universidade de Brasília e da Universidade de São Paulo.

No estado do Rio de Janeiro, as análises preliminares estimam que a velocidade de transmissão do vírus pode ser maior do que em outros países.

Os cientistas avaliam que atrasos em ações de restrição da mobilidade da população podem ter repercussões graves, como o aumento crescente de óbitos e dificuldade no controle da transmissão.

A pesquisa também cita estima que os casos notificados no Brasil representam apenas cerca de 11% do total, conforme apontado pela Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, na Inglaterra.

Segundo o estudo, apesar de Brasília ter um número menor de casos em relação a São Paulo, a capital federal pode apresentar em dez dias um número maior de infecção proporcionalmente, considerando o tamanho da população, não apenas o número de casos confirmados de COVID-19.

NEWSLETTER
OU