TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Ex-funcionário de empresa de cigarros envolvido com roubo de cargas é preso - Editoriais - Band News FM

Polícia

Texto:
+
-

Ex-funcionário de empresa de cigarros envolvido com roubo de cargas é preso

Os agentes cumpriram, na manhã desta terça-feira, seis dos dez mandados de prisão expedidos

Por Luiza Muttoni, às 14:05 - 18/07/2017

00:00 / 00:00

Produtos apreendidos na operação. (Foto: Luiza Muttoni)

Um ex-funcionário da Souza Cruz está entre os nove presos na operação Agmen, que investiga o roubo de cargas na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Outro investigado que trabalhou na empresa de cigarros está foragido. Segundo a Polícia Civil, a dupla agia como informante e revelava as rotas e esquemas de segurança da companhia.

Os agentes cumpriram, na manhã desta terça-feira, seis dos dez mandados de prisão expedidos pela Justiça, além de 17 mandados de busca e apreensão nas comunidades do Batam, em Realengo, e da Vila Vintém, em Bangu, onde houve confronto.

Segundo a delegada Márcia Xavier, as investigações começaram há cinco meses, a partir da prisão de um integrante da quadrilha.

"A investigação começou com a prisão de um dos alvos da operação de hoje. A partir daí nós identificamos que havia uma quadrilha que atuava com determinado modo de agir, em determinada localidade, e aí iniciamos a investigação e chegamos até aqui, nessa primeira fase da operação, com dez identificados”, afirmou a delegada.

Segundo a Polícia, os presos praticavam crimes diariamente na Avenida Brasil, a principal via de entrada de cargas na cidade. Cerca de 150 policiais participaram da ação, que contou com o apoio de 40 equipes do Departamento Geral de Polícia da Capital e de veículos blindados da Coordenadoria de Recursos Especiais.

Um levantamento do Sindcarga, sindicato que representa a categoria, revela que são, em média, 34 assaltos por dia de caminhões de entrega. Diante dos números alarmantes, na semana passada mais de cem empresários do ramo se reuniram e ameaçam paralisar as entregas no dia 21 de março, em protesto contra a violência.

NEWSLETTER
OU