TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Famílias de menor renda são mais afetadas pela inflação, aponta Ipea - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Famílias de menor renda são mais afetadas pela inflação, aponta Ipea

O número é puxado pelo preço dos alimentos, como as carnes, que acumularam alta de 18,1% no ano passado

Por Gustavo Sleman, às 19:42 - 14/01/2020 | Atualizado às 19:44 - 14/01/2020

00:00 / 00:00

As carnes registraram alta de 18,1% (Foto: Agência Brasil)

A inflação entre as famílias de baixa renda supera o índice geral em 2019. O dado é do Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda, divulgado nesta terça-feira (14). Segundo o levantamento, apenas no mês de dezembro houve alta de 1,19%. Com este resultado, a inflação acumulada em 2019 entre os segmentos mais pobres subiu 4,4%.

O número é puxado pelos preços dos alimentos no domicílio. Além das carnes, com aumento de 18,1%, tubérculos, cereais e aves e ovos pesaram no consumo das famílias mais pobres.

Já os brasileiros que recebem acima de R$ 16 mil por mês encaram uma alta de 4,2%. A principal pressão veio dos reajustes das passagens aéreas, 15,6%, e dos combustíveis, 3,57%.

Apesar do Indicador ter mostrado que houve uma forte aceleração nas taxas de variação acumulada em 12 meses para todos os níveis de renda, a maior que a observada nos dois anos, o economista Alexandre Espírito Santo acredita que em 2020 o cenário deve mudar.

“Eu acredito que esse quadro deva se normalizar num horizonte e tempo não muito longo. Pelo que tudo indica, os preços devem refluir nos próximos dois ou três meses no máximo”, explica o economista.

O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda é calculado com base nas variações de preços de bens e serviços disponíveis no Sistema Nacional de Índice de Preços ao Consumidor, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU