TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Funcionários do Flamengo vão ser ouvidos nesta terça-feira na Delegacia do Recreio - Editoriais - Band News FM

Polícia

Texto:
+
-

Funcionários do Flamengo vão ser ouvidos nesta terça-feira na Delegacia do Recreio

Testemunhas já ouvidas citaram essas pessoas em depoimentos anteriores. Eles serão intimados nesta segunda-feira (11)

Por Isabele Rangel, às 09:57 - 11/57/2019 | Atualizado em 10:31 - 11/31/2019

Até agora, 16 pessoas já foram ouvidas (Foto: Isabele Rangel)

Em mais um dia de depoimentos sobre o incêndio no Centro de Treinamentos do Flamengo que matou 10 jovens das categorias de base, a Polícia do Rio informou que vai intimar quatro funcionários do clube para serem ouvidos. De acordo com o responsável pelas investigações, delegado Márcio Petra, testemunhas já ouvidas citaram essas pessoas em depoimentos.

Além deles, também deve ser intimado o gerente de Patrimônio do Centro de Treinamentos do Flamengo, mas o nome dele não foi divulgado. A previsão é de que esses cinco depoimentos ocorram nesta terça-feira (12). A principal suspeita é de que o fogo tenha começado no aparelho de ar-condicionado de um dos quartos e se espalhado pelo módulo habitacional que funcionava como alojamento.

Naquela noite, haviam 24 adolescentes no local, que tem espaço para 36. A Polícia tenta responder porque as chamas tomaram o lugar tão rapidamente. O especialista em gerenciamento de riscos Moacyr Duarte afirma que há indícios de que havia produtos inflamáveis entre as placas dos módulos, apesar de a empresa responsável pela estrutura e o próprio Flamengo afirmarem que o revestimento não propagava chamas.

O Flamengo também terá que explicar se havia um plano de emergência, sinalização adequada e se o local tinha rotas de fuga adequadas. O módulo habitável que pegou fogo tinha apenas uma porta, o que, para especialistas pode ter dificultado a fuga das vítimas. De acordo com a Polícia, até agora, 16 pessoas já foram ouvidas: 13 atletas, sendo que 11 deles estavam no local no momento do incêndio e outros e dois que não estavam lá, e ainda três funcionários do clube.

Os três atletas que ficaram feridos, Cauan Emanuel, Francisco Dyogo e Jhonatha Ventura, só serão ouvidos quando tiverem alta médica. Cauan e o Francisco, que estão no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, e o Jhonatha Ventura está no Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na mesma região.

NEWSLETTER
OU