TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Gilmar Mendes determina que audiências da Operação Ponto Final sejam repetidas - Editoriais - Band News FM

Justiça

Texto:
+
-

Gilmar Mendes determina que audiências da Operação Ponto Final sejam repetidas

A operação, desdobramento da Lava Jato no Rio, investiga o pagamento de R$ 260 milhões em propina a políticos do Estado por empresários de ônibus

Por Carlos Briggs, às 16:17 - 19/03/2018 | Atualizado às 16:25 - 19/03/2018

A operação investiga o pagamento de R$ 260 milhões em propina a políticos por empresários de ônibus (Foto: Agência Brasil)

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes determinou que a Justiça Federal do Rio repita as audiências relativas à Operação Ponto Final, desdobramento da Lava Jato no Rio e que investiga o pagamento de R$ 260 milhões em propina a políticos do Estado por empresários de ônibus. Com a decisão, fica cancelada a audiência desta segunda-feira (19).

A liminar atende pedido de advogados de acusados que pedem acesso integral às delações premiadas. A nova audiência, de acordo com a determinação do ministro, não pode ocorrer em menos de um mês, para que os advogados tenham prazo razoável para analisar os vídeos das delações.

Em julho do ano passado, o Ministério Público Federal do Rio encaminhou à Procuradoria Geral da República pedido de suspeição do ministro Gilmar Mendes no processo envolvendo a prisão do empresário de ônibus, Jacob Barata Filho.

Os procuradores entendem que Gilmar Mendes não pode julgar o caso, já que é padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Filho. O MPF afirma ainda que um dos advogados de Jacob Barata Filho é também advogado de Gilmar Mendes em uma ação movida pelo ministro em 2014. Na ocasião Gilmar Mendes afirmou, em nota, que os requisitos para a suspeição não se aplicam legalmente a ele.

NEWSLETTER
OU