TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Hospital de Campanha de São Gonçalo deve ser inaugurado nesta quinta-feira - Editoriais - Band News FM

Coronavírus

Texto:
+
-

Hospital de Campanha de São Gonçalo deve ser inaugurado nesta quinta-feira

A unidade deve ser aberta com 10 leitos

Por Caroline Lacerda, às 23:00 - 27/05/2020 | Atualizado às 22:08 - 28/05/2020

00:00 / 00:00

O início do atendimento na unidade seria nesta quarta-feira (27), mas foi adiado novamente (Foto: Divulgação/Governo do Estado)

O Hospital de Campanha de São Gonçalo deve ser inaugurado apenas nesta quinta-feira (28). A unidade começaria a funcionar nesta quarta, mas o Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde, encontrou - na vistoria final -, uma contaminação do piso da unidade por piche. O IABAS afirma que seguranças do deputado Filipe Poubel jogaram o material no local.

A organização social também afirma que durante a visita do parlamentar, dois funcionários foram agredidos por seguranças do político.

A assessoria de imprensa de Fillipe Poubel informou que não houve irregularidade no curso da fiscalização do deputado, que foi acompanhada pela Polícia Militar.

Ainda segundo a nota, funcionários da obra, sem crachá de identificação, tentaram omitir falhas, e um deles agrediu verbalmente o deputado, o que fez Filippe Poubel se exaltar verbalmente, mas que em nenhum momento houve agressão física. A assessoria do parlamentar ressalta que os seguranças do deputado são policiais e por isso, têm porte de arma.

A entrega do Hospital de Campanha já vem sofrendo uma série de problemas.

Na terça-feira (27), uma decisão da Justiça determinou que o Estado e o IABAS entregassem todos os leitos de enfermaria e UTI programados para a unidade.

A BandNews FM teve acesso com exclusividade ao documento. No levantamento, o órgão lembra que o Estado do Rio de Janeiro divulgou que o hospital de campanha de São Gonçalo começou a ser construído em 8 de abril com previsão de entrega para o dia 30 do mesmo mês.

A subcoordenadora de Saúde e Tutela Coletiva da Defensoria Pública, Alessandra Nascimento, destacou as ações liminares que obrigam o Estado a cumprir o prazo estabelecido em contrato com a OS.

O IABAS alega também que a inauguração do Hospital de Campanha de São Gonçalo não foi na terça-feira (26), porque o espaço foi alvo da operação Placebo, que investiga fraudes do setor da saúde do Rio durante a pandemia.

O hospital de campanha de São Gonçalo seria construído com ajuda de recursos vindos das cidades vizinhas de Maricá e Niterói. As prefeituras informaram que não repassaram para a Secretaria de Estado de Saúde a verba de R$ 45 milhões, cada uma, porque não foi apresentado um plano de trabalho detalhado de execução de serviços, o que, ainda de acordo com a nota, era prerrogativa para a liberação do valor acordado.

NOTAS OFICIAIS:

POSICIONAMENTOS DO IABAS:

1- "O IABAS informou a Secretaria Estadual de Saúde que a abertura do hospital de campanha de São Gonçalo foi prejudicada pela operação de busca e apreensão realizada pela Polícia Federal nos escritórios do instituto. Os policiais apreenderam indistintamente computadores e documentos, prejudicando o pagamento da compra de medicamentos e equipamentos de proteção individual, além de mobilizar recursos humanos que deveriam estar concentrados nos preparativos para abertura. A operação impediu que o Iabas antecipasse a entrega do hospital para o dia 26 e cumpre hoje o cronograma de entregar o hospital nesta quarta-feira à Secretaria de Estado da Saúde. A unidade começará a receber pacientes na manhã de quinta-feira"

2- "O IABAS mantém a abertura do hospital de São Gonçalo nesta data, apesar de adversidades na finalização do trabalho nesta tarde pela visita inapropriada do deputado Filippe Poubel, acompanhado de um grupo de simpatizantes armados e da agressão a dois dos nossos profissionais. Um dos acompanhantes do deputado chegou a sacar uma arma. Um Boletim de Ocorrência sobre as agressões e a posse indevida de armas será registrado."

3- "Na vistoria final antes da liberar o hospital de campanha de São Gonçalo no início da noite de hoje, o IABAS identificou uma contaminação do piso do hospital por piche. O material foi levado até lá por seguranças do deputado Fillipe Poubel, que pularam o muro para entrar na área e ameaçaram colaboradores. Devido a isso, o hospital terá que substituir uma parte do piso para evitar contaminação hospitalar e informará à SES que a abertura programada para esta quarta-feira só ocorrerá amanhã."

POSICIONAMENTO DEPUTADO:

"Não há credibilidade na informação passada por um instituto envolvido reiteradamente em casos de corrupção e desvio de dinheiro público. Portanto, não houve qualquer irregularidade no curso da fiscalização do deputado Filippe Poubel, que foi acompanhada o tempo todo pela PMERJ e transmitida ao vivo nas redes sociais do deputado para dar total transparência e evitar distorções. O vídeo na íntegra está disponível para a população.

Durante a fiscalização, funcionários da obra, sem crachá de identificação, tentaram omitir falhas, e um deles agrediu verbalmente o deputado, o que fez Filippe Poubel se exaltar verbalmente, mas em nenhum momento houve agressão física de sua parte nem de seus seguranças. Cabe esclarecer que o deputado desde o ano passado cumpre uma série de recomendações da Polícia Civil devido a um relatório da corporação apontando risco de atentado à sua vida. Sendo assim, os seguranças do deputado são policiais, natural portarem armas para a defesa do parlamentar e própria proteção.

Assessoria de imprensa

Deputado estadual Filippe Poubel"

NEWSLETTER
OU