TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Impeachment de Witzel: comissão especial suspende contagem de prazos do processo - Editoriais - Band News FM

Poder Legislativo

Texto:
+
-

Impeachment de Witzel: comissão especial suspende contagem de prazos do processo

A paralisação acontece até que a Casa receba cópias integrais dos inquéritos que resultaram nas operações contra fraudes na área de Saúde

Por Gustavo Sleman , às 15:24 - 24/06/2020 | Atualizado às 19:34 - 24/06/2020

00:00 / 00:00

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (24), durante votação na primeira reunião do grupo (Foto: Rafael Wallace/Alerj)

A comissão especial da Assembleia Legislativa Rio que analisa a denúncia contra governador Wilson Witzel suspendeu a contagem de prazos do processo de impeachment. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (24), durante votação na primeira reunião do grupo. O adiamento acontece até que a Casa receba cópias integrais dos inquéritos que resultaram nas operações contra fraudes na área de Saúde do estado.

A votação foi aprovada por unanimidade, com exceção do deputado Marcos Abrahão, do Avante, que estava ausente. A proposta foi feita pelo relator, Rodrigo Bacellar, do Solidariedade, baseada em uma lei federal e uma determinação do Supremo Tribunal Federal sobre o rito de impeachment.

O debate aconteceu após a defesa Witzel protocolar junto à mesa diretora da Alerj um pedido de suspensão do rito sob a alegação de que a denúncia apresentada pelos deputados Luiz Paulo e Lucinha, ambos do PSDB, não reuniu os documentos necessários para comprovar os fatos narrados.

Um dos advogados do governador no caso, o professor de direito Manoel Peixinho, comemorou a decisão. Já foram encaminhados ofícios a Secretaria de Estado de Saúde, Polícia Federal, Ministério Público Federal, Procuradoria Geral da República e do Superior Tribunal de Justiça pedindo mais informações.

O deputado Alexandre Freitas, do Novo, também sugeriu que outros documentos fossem colhidos com o Palácio Guanabara e com os escritórios da primeira dama do estado, Helena Witzel e o ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão. O pedido foi encaminhado para análise da Procuradoria da Alerj.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU