TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Inflação de julho fica em 0,36% e registra maior resultado desde 2016 - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Inflação de julho fica em 0,36% e registra maior resultado desde 2016

A taxa foi influenciada principalmente pela alta da gasolina e da energia elétrica

Por Amanda Martins, às 09:20 - 07/08/2020 | Atualizado às 14:38 - 07/08/2020

00:00 / 00:00

A maior variação positiva veio dos artigos de residência com 0,90% (Foto: Agência Brasil)

A inflação de julho ficou em 0,36%, um aumento de 0,10%. Este é o maior resultado para o mês desde 2016, quando o IPCA foi de 0,52%. A taxa foi influenciada principalmente pela alta da gasolina e da energia elétrica.

Segundo o IBGE, dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, seis apresentaram alta em julho. O maior impacto veio dos transportes seguido por habitação. A gasolina foi o item que colaborou com o maior impacto individual na inflação do mês passado com alta de 3,42%. O professor Luiz Chilano percebeu a diferença no bolso.

O óleo diesel, o etanol e o gás veicular também subiram, levando a classe dos combustíveis a um resultado de 3,12%. Na categoria habitação, a energia elétrica foi a responsável pelo segundo maior impacto na inflação como explica o gerente da pesquisa, Pedro Kislanov.

Das 16 regiões pesquisadas, 13 apresentaram aumento, reflexo de reajustes de tarifas. É o caso de São Paulo, Fortaleza e Porto Alegre.

A pesquisa de julho apontou ainda uma estabilidade no setor de alimentação em bebidas. A alimentação para consumo no domicílio apresentou alta. O preço que mais subiu foi o da carne com 3,68%. Outros itens importantes na cesta das famílias, como o leite longa vida, o arroz e as frutas também apresentaram elevação.

Em contrapartida, houve diminuição nos preços da batata inglesa, cenoura e tomate. Ainda no lado das quedas, o destaque ficou com vestuário. Os preços caíram pelo terceiro mês consecutivo.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU