TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Inflação fica em 0,25% em fevereiro - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Inflação fica em 0,25% em fevereiro

Este é o menor índice para o mês desde 2000

Por Pedro Antonio Guimarães, às 10:35 - 11/03/2020 | Atualizado às 16:08 - 11/03/2020

00:00 / 00:00

Dos nove grupos pesquisas, a educação gerou o maior impacto no índice (Foto: Agência Brasil)

A inflação oficial do país ficou em 0,25% em fevereiro. O resultado representa aceleração se comparado com janeiro, mas representa a menor taxa para meses de fevereiro desde 2000, quando o índice foi de 0,13%. No ano, o IPCA acumula alta de 0,46% e, em 12 meses, a taxa acumulada é de 4,01%.

A educação foi o grupo que gerou o maior impacto no índice, de 0,23 ponto porcentual. O gerente da pesquisa Pedro Kislanov Costa acrescenta: é comum para o mês analisado que o setor registre a maior variação.

O grupo de saúde também apresentou alta, com destaque para cuidados pessoais, como perfumes. Já na alimentação, o tomate cresceu quase 50% em parte do país. 

No recorte por região, o Rio de Janeiro foi a única capital que registrou deflação em fevereiro, principalmente pelo preço das carnes. A maior variação positiva ficou com a Região Metropolitana de Fortaleza por conta da alta nos cursos regulares.

O IBGE apontou também variação do Índice de Preços ao Consumidor de fevereiro. A variação é positiva de 0,17%. A variação acumulada no ano foi de 0,36%. Em fevereiro de 2019, a taxa foi de 0,54%.

INFLAÇÃO NO RIO

O Rio de Janeiro foi a única capital brasileira que registrou deflação em fevereiro. Os números estão na análise da inflação para o mês divulgado pelo IBGE. O IPCA ficou em 0,02% na capital fluminense, enquanto o índice nacional registrou alta de 0,25% no mês.

Na análise do Instituto, a desaceleração no Rio foi puxada principalmente pela queda de 8,39% nos preços da carne, que foi mais intensa do que no restante do país. A queda de 2,57% nas tarifas de energia elétrica em fevereiro também contribuiu para a deflação, quando passou a vigorar a bandeira tarifária verde.

A última queda registrada na cidade foi em setembro, quando o IPCA recuou 0,13%. Naquele mês, também houve redução no índice nacional.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

 

GRAFICO

NEWSLETTER
OU