TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Justiça nega pedido de liberdade ao empresário Jacob Barata Filho - Editoriais - Band News FM

Lava Jato

Texto:
+
-

Justiça nega pedido de liberdade ao empresário Jacob Barata Filho

Defesa vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça

Por Marcus Sadok , às 20:37 - 26/07/2017 | Atualizado às 21:47 - 26/07/2017

Barata é proprietário de 43 empresas, com capital social de R$ 374 milhões (Foto: Agência Brasil)

A Justiça do Rio nega pedido de habeas corpus do empresário Jacob Barata Filho, preso no começo do mês pela Operação Ponto Final da Polícia Federal, que investiga a corrupção e lavagem de dinheiro no sistema de transportes do estado.

Os desembargadores do Tribunal Regional Federal concordaram com as alegações do Ministério Público. De acordo com os procuradores, caso fique em liberdade, Jacob Barata pode colocar as investigações em risco.

Segundo a denúncia, o empresário é uma das figuras centrais do esquema que era liderado pelo ex-governador Sérgio Cabral, que teria recebido 122 milhões de reais de propina. Ele é proprietário de 43 empresas, com capital social de R$ 374 milhões.

Jacob Barata Filho e os outros 10 empresários investigados pela Policia Federal já contrataram advogados especializados em delação premiada, como adiantou o âncora da BandNews FM Rodolfo Schneider na coluna do Jornal Metro.

Em nota, a defesa do empresário disse que irá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.

NEWSLETTER
OU