TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Justiça nega pedido de prisão domiciliar de acusada de matar embaixador grego - Editoriais - Band News FM

Justiça

Texto:
+
-

Justiça nega pedido de prisão domiciliar de acusada de matar embaixador grego

Segundo a denúncia, Françoise de Souza e o policial militar Sérgio Gomes, que seriam amantes, teriam planejado o crime

Por Gustavo Sleman, às 16:47 - 23/05/2020 | Atualizado às 16:48 - 23/05/2020

00:00 / 00:00

Os acusados do crime vão júri popular no dia 12 de agosto (Foto: Reprodução)

A Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido de prisão domiciliar de Françoise de Souza Oliveira. Ela é acusada de mandar assassinar o marido, o embaixador grego Kyriacos Amiridis, em 2016. A defesa da ex-dançarina usou a pandemia do coronavírus como justificativa para a medida.

Segundo a denúncia, Françoise e o policial militar Sérgio Gomes, que seriam amantes, teriam planejado o crime com o intuito de ficar com os bens e a pensão de Kyriakos. 

A dupla, e o sobrinho de Sergio, Eduardo Tedeschi, também acusado do crime, vão a júri popular no dia 12 de agosto.

NEWSLETTER
OU