TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Megaleilão do excedente da cessão onerosa garante R$ 70 bilhões à União - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Megaleilão do excedente da cessão onerosa garante R$ 70 bilhões à União

O Governo Federal esperava arrecadar R$ 106 bilhões

Por Daniella Dias, às 20:04 - 06/11/2019 | Atualizado às 21:09 - 06/11/2019

00:00 / 00:00

Ao todo, 14 empresas estavam inscritas para o certame (Foto: Divulgação | Petrobras)

Com protagonismo da Petrobras e falta de interesse de empresas estrangeiras, a rodada de licitações do excedente da cessão onerosa do pré-sal, realizada nesta quarta-feira (06), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, terminou com uma arrecadação menor do que a esperada.

Isso porque dois dos quatro blocos da Bacia de Santos não receberam ofertas. As áreas de Sépia e Atapu garantiriam, juntas, R$ 36 bilhões à União.

O resultado do megaleilão fez o dólar fechar em alta de mais de 2% devido à falta de ofertas de empresas estrangeiras. Apesar disso, o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, classificou o resultado do certame como positivo.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, explicou qual será o destino dos blocos que não foram arrematados.

O Governo Federal esperava arrecadar R$ 106 bilhões com o leilão, no entanto, obteve R$ 70 bilhões com a venda dos blocos de Búzios e Itapu. Desse montante, R$ 34 bilhões serão destinados à Petrobras e o restante dividido entre estados e municípios.

Sem concorrência a Petrobras obteve o bloco de Itapu sem consórcio. O bônus de assinatura foi de R$ 1 bilhão e 766 milhões. O porcentual de excedente de óleo a ser entregue para a União foi de 18,15%.

Já o bloco de Búzios, o maior em disputa no leilão, foi arrematado em um consórcio da Petrobras com as chinesas CNOOC e CNODC.

O bônus de assinatura a ser pago pelo consórcio é de R$ 68 bilhões e 194 milhões. Já o porcentual excedente de óleo ofertado será de 23,24%.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, ressalta a importância para a estatal da obtenção do bloco de Búzios.

Ao todo, 14 empresas estavam inscritas para o certame que foi considerado o maior leilão de óleo e gás feito no mundo, já que os blocos ofertados possuíam baixo risco exploratório.

Um das inscritas foi a Shell Brasil. O presidente, André Araújo, explica porque a multinacional não fez ofertas aos blocos da Bacia de Santos.

Apesar do valor final do leilão ter sido menor do que o esperado, segundo a Agência Nacional de Petróleo os R$ 70 bilhões arrecadados representam um valor superior ao somatório de todos os bônus oferecidos até hoje em rodadas no Brasil. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, se frustrou com o resultado.

O excedente leiloado é equivalente à quantidade de petróleo encontrada pela Petrobras em 2010. Na ocasião, a estatal recebeu da União o direito de explorar R$ 5 bilhões de barris de petróleo. No entanto, encontrou quase o triplo do estipulado.

NEWSLETTER
OU