TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Memes abordam conscientização a respeito da pandemia do coronavírus - Editoriais - Band News FM

Coronavírus

Texto:
+
-

Memes abordam conscientização a respeito da pandemia do coronavírus

Apesar de piadas funcionarem como uma válvula de escape, o mais importante continua sendo seguir as recomendações das autoridades públicas de saúde

Por Gustavo Sleman, às 16:29 - 27/04/2020 | Atualizado às 16:34 - 27/04/2020

00:00 / 00:00

O assunto é sério, mas tratado com bom humor (Foto: Reprodução/Internet)

Já parou para pensar em como o ser humano consegue encarar as mais adversas situações com bom humor? Hoje em dia com o avanço dos memes e da Internet isso ficou ainda mais claro.

E com o coronavirus, a situação não poderia ser diferente. Sim, o assunto é sério, mas com o avanço da pandemia seria impossível que as mídias digitais e conversas informais não tivessem a doença como principal assunto. O tópico inclusive foi tema de um artigo do Museu de Memes: "Quando o viral vira meme, a propagação do coronavirus na Internet".

A autora do estudo, a professora do Instituto Infnet e pesquisadora da Fiocruz, Michelle Modesto, ressalta como a capacidade de fazer piadas em momentos de crise pode ajudar na conscientização sobre a Covid-19.

Whats-App-Image-2020-04-27-at-16-12-06 Whats-App-Image-2020-04-27-at-16-12-25

O Museu de Memes surgiu de um projeto da Universidade Federal Fluminense que traz referências, teses e pesquisas científicas para aproximar os internautas curiosos e quem não conhece o universo dos virais, como conta o coordenador do espaço, Viktor Chagas.

A pandemia da Covid-19 também causou impactos na economia. O preço do dólar, que já estava em alta, disparou. E claro, isso também não passou batido na Internet. Uma página do Facebook divulga a cotação da moeda americana usando como parâmetro linhas de ônibus do Rio. A ideia foi do balconista Lucas Lopes do Rosário.

dfdfdf

No entanto, vale lembrar que, apesar de piadas funcionarem como uma válvula de escape, o mais importante continua sendo seguir as recomendações das autoridades públicas de saúde. Se possível, fique em casa.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU