TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Moradores do Maranhão são os que mais sofrem impactos na qualidade de vida - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Moradores do Maranhão são os que mais sofrem impactos na qualidade de vida

A conclusão é de um estudo do IBGE baseado na Pesquisa de Orçamentos Familiares de 2017 e 2018

Por Pedro Dobal, às 16:53 - 26/11/2021

Os moradores do Maranhão são os que mais sofrem impactos na qualidade de vida. A conclusão é de um estudo do IBGE baseado na Pesquisa de Orçamentos Familiares de 2017 e 2018.

O levantamento inédito calcula o Índice de Perda de Qualidade de Vida em uma escala de zero a um, sendo zero nenhuma perda. O estudo tem como base um conjunto de indicadores como tipo de moradia, acesso a serviços públicos, alimentação, transporte e lazer.

Os dados do IBGE apontam que as perdas estão concentradas nas regiões Norte e Nordeste, com índices maiores que 0,2. Já a Região Sul é a que apresenta a melhor qualidade de vida, com 0,1. Santa Catarina é o estado brasileiro com o melhor resultado, seguido de São Paulo e Paraná.

Moradores de zonas rurais perdem quase o dobro da qualidade de vida do que os moradores de áreas urbanas. Pretos e pardos também são os mais atingidos, com índice de perda de 0,18, frente aos 0,12 registrados pela população branca.

O analista do IBGE Leonardo Oliveira explica que a renda de cada grupo influencia indiretamente no resultado, mas é possível melhorar o índice por meio de políticas públicas mais eficientes.

A categoria que analisa o padrão de vida das famílias e o acesso a serviços financeiros representa quase 20% das perdas e é a que mais impacta a qualidade de vida dos brasileiros. Entram nessa conta fatores como a dificuldade para pagar as contas e o acesso a itens como televisão, máquina de lavar e geladeira.

Com 19%, a falta de educação aparece na sequência. Já os roblemas relacionados ao transporte e ao lazer respondem por 17% do prejuízo à qualidade de vida.

A pesquisa calculou, ainda, o Índice de Desempenho Econômico, um novo indicador que avalia como os fatores analisados afetam o desenvolvimento da sociedade. O Distrito Federal teve o melhor resultado, seguido de São Paulo e Santa Catarina./ Os piores desempenhos foram do Pará e do Acre.

NEWSLETTER
OU