TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Morre mulher que foi mantida como refém por ex-companheiro - Editoriais - Band News FM

Violência

Texto:
+
-

Morre mulher que foi mantida como refém por ex-companheiro

A vítima foi baleada na cabeça no estacionamento de uma universidade da cidade Valença, no Sul Fluminense

Por Gustavo Sleman, às 14:41 - 27/11/2020 | Atualizado às 18:18 - 27/11/2020

Jovem e ficou sob mira da arma do acusado dentro de um carro por cerca de duras e meia (Foto: Ouvinte BandNews FM )

Pode ser expulso da corporação o policial militar que matou uma mulher em uma universidade de Valença, no Sul Fluminense. Janitom Celso Amorim foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio qualificado por motivo fútil.

O PM lotado no batalhão de Resende manteve Mayara Pereira de Oliveira como refém por cerca de duas horas e meia nesta sexta-feira (27). A aluna de pós-graduação foi baleada no rosto. Ela chegou a ser levada com vida para um hospital da região, no entanto, não resistiu aos ferimentos.

Segundo informações, o casal discutiu após o homem não ter aceito o término do relacionamento. Em depoimento, porém, ele não revelou a motivação do crime.

Ao notarem a briga, seguranças da faculdade resolveram chamar a Polícia Militar. A região chegou a ser isolada e o Batalhão de Operações Especiais também foi acionado.

De acordo com o delegado Carlos Cesar Santos, antes mesmo da chegada de negociadores e parentes, o criminoso disparou contra a vítima.

Procurada, a Polícia Militar informou vai responder pelo crime na esfera civil e militar, além de um Processo Administrativo Disciplinar. Já a Polícia Civil disse que perícia já foi realizada no carro da vítima e a arma do acusado foi apreendida.

A Fundação Educacional Dom André Arcoverde suspendeu as atividades até a próxima segunda-feira (30).

Colaboraram: Ryan Lobo, Julia Kallembach, Carlos Briggs, Agatha Meirelles, Guilherme Persil*, Maria Eduarda Volta*.

*Estagiários sob supervisão de Christiano Pinho 

NEWSLETTER
OU