TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Motoristas são orientados por guardadores a pagar valor fechado em estacionamento rotativo - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Motoristas são orientados por guardadores a pagar valor fechado em estacionamento rotativo

A cobrança irregular de estacionamento configura crime de extorsão, desde que haja flagrante

Por Francini Augusto, às 12:51 - 14/10/2021

00:00 / 00:00

Alguns cones impossibilitam o estacionamento de veículo na vaga (Foto: Francini Augusto)

Guardadores de carro com talões da prefeitura do Rio estão orientando motoristas a pagarem valores fechados para estacionamento e ainda bloqueiam as vagas com cones.

A denúncia é de um ouvinte da BandNews FM que tentou estacionar o carro no entorno do Centro Empresarial Mourisco, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. A tarifa para estacionamento em áreas públicas municipais abertas deve ser cobrada de acordo com o talão e por guardadores autorizados, mas não foi isso que aconteceu, segundo o motorista que preferiu o anonimato.

Nossa equipe de reportagem tentou estacionar no espaço nesta quinta-feira (14), e encontrou alguns cones que impossibilitavam colocar o veículo na vaga.

Na sequência houve a abordagem de homem que usava o uniforme do Rio Rotativo. Sem saber que estava sendo gravado ele sugeriu que fosse negociado um valor diferente do correto no cartão.

A cobrança irregular de estacionamento configura crime de extorsão, desde que haja flagrante e o autor e a vítima sejam conduzidos pela autoridade policial local para registro na delegacia. A pena pode chegar a reclusão, de 4 a 10 anos, e multa.

Em nota, a Guarda Municipal afirmoi que a denúncia foi encaminhada para a Subdiretoria Técnica de Trânsito para que seja verificada. A reserva de vagas é proibida e, em caso de flagrante, as equipes da GM-Rio podem apreender o material utilizado para essa finalidade. Em relação a cobrança ilegal de estacionamento, os guardas também atuam em caso de flagrante, encaminhando suspeitos e vítimas para registro de ocorrência junto às  autoridades policiais. 

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU