TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
MPF recorre à Justiça para anular licenças de construção de Angra 3 - Editoriais - Band News FM

Justiça

Texto:
+
-

MPF recorre à Justiça para anular licenças de construção de Angra 3

Segundo o órgão, a Eletronuclear e o Ibama não cumpriram as restrições socioambientais

Por Nathalia Teixeira*, às 22:21 - 16/10/2020 | Atualizado às 01:07 - 17/10/2020

00:00 / 00:00

A Eletronuclear disse estar avaliando os termos da ação (Foto: Divulgação/Eletronuclear)

O Ministério Público Federal moveu uma ação contra a Eletronuclear e o Ibama por não cumprimento das restrições socioambientais na usina nuclear de Angra 3.

Entre os descumprimentos destacam-se a omissão na responsabilidade sobre a manutenção da Esec Tamoios e do Parque Nacional da Bocaina e o investimento de R$ 50 milhões em saneamento em Angra dos Reis e Paraty.

Enquanto as compensações previstas nas licenças prévia e de instalação não forem cumpridas, as obras não devem ser retomadas.

Por isso, o MPF pede a concessão de liminar para que o Ibama não conceda novas licenças enquanto houver pendências e que a Eletronuclear seja obrigada a apresentar ao Ibama o plano básico ambiental atualizado.

Além disso, solicita que a empresa seja condenada ao pagamento de uma multa no valor de R$ 30 milhões.

Em nota, a Eletronuclear disse estar avaliando os termos da ação e que irá se manifestar em juízo. O Ibama ainda não se pronunciou.

*Estagiária sob supervisão de Maurício Bastos

NEWSLETTER
OU