TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Petrobras deve realizar investimentos de US$ 68 bilhões nos próximos cinco anos - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Petrobras deve realizar investimentos de US$ 68 bilhões nos próximos cinco anos

O valor é 24% maior do que o anunciado para o mesmo período do plano anterior

Por Gustavo Sleman, às 19:32 - 25/11/2021

As produções estimadas de óleo e gás para 2022 são de 2,7 milhões de barris por dia (Foto: Reprodução)

A Petrobras deve realizar investimentos de US$ 68 bilhões nos próximos cinco anos. O valor é 24% maior do que o anunciado para o mesmo período do plano anterior. Os números foram aprovados pelo Conselho de Administração da estatal e divulgados nesta quinta-feira (25).

Segundo a empresa, entre 2022 e 2026 vão ser aplicados US$ 57 bilhões no segmento de exploração e produção de petróleo e gás natural. Para o quinquênio, também está prevista a entrada em operação de 15 novas plataformas em seis campos.

De acordo com o presidente da companhia, Joaquim Silva e Luna, afirmou que os investimentos vão contemplar uma sistema integrado.

Na área de Refino, vai ser investido US$ 6,1 bilhões, sendo US$ 1,5 bilhão na integração entre a Refinaria Duque de Caxias e o GasLub Itaboraí, para a produção de derivados e óleos básicos.

Personagem de ações da Operação Lava-Jato, a refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, deve ter a segunda unidade concluída com orçamento de US$ 1 bilhão. As obras no espaço foram suspensas após o início das investigações.

Apesar de não ter tido interessados em uma primeira tentativa, o diretor Financeiro da estatal, Rodrigo Araujo, disse que a Petrobras não desistiu da venda da Rnest.

Outra estrutura que deve ter concluída é a da Unidade de Tratamento de Gás Itaboraí, faz parte da previsão de um investimento de US$ 1 bilhão para o setor de Gás e Energia. A previsão é que a unidade entre em operação em 2022, além de manutenções e paradas programadas dos ativos.

As produções estimadas de óleo e gás para 2022 são de 2,7 milhões de barris por dia e, em 2026, de 3,2 milhões de barris de óleo diários.

NEWSLETTER
OU