TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Petrobras e Governo assinam TAC que firma investimentos para o Rio - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Petrobras e Governo assinam TAC que firma investimentos para o Rio

O documento foi mediado pelo MP-RJ

Por Emily Almeida, às 17:08 - 09/08/2019 | Atualizado às 20:49 - 09/08/2019

00:00 / 00:00

Durante a cerimônia de assinatura, a Petrobras anunciou que vai investir no Rio 54 milhões até 2022 (Foto: Emily Almeida)

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse que a empresa deve concentrar suas operações até 2022 no Rio de Janeiro, no Espírito Santo e em São Paulo.  

Ele adiantou que, nos próximos 5 anos, o estado do Rio vai receber US$ 54 bilhões em investimentos. Deste total, 21 bilhões de dólares serão aplicados apenas na Bacia de Campos, para estabilizar o declínio das atividades. 

A agenda na Associação Comercial do Rio de Janeiro foi antes da cerimônia da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta, entre a Petrobras, o Ministério Público e o Governo do Estado para reparar o prejuízo com a paralisação das obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, em 2015. 

O Comperj abrange os municípios de Itaboraí, São Gonçalo e Cachoeiras de Macacu, na região metropolitana do Rio. 

Estão previstos R$ 814 milhões e 500 mil de investimentos na região.

O acordo foi negociado em junho durante a Comissão Parlamentar de Inquérito da crise fiscal, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Na época, o prefeito de Itaboraí, Sadinoel Souza, disse que 30 mil pessoas ficaram desempregadas no município entre 2014 e 2015, com a paralisação dos investimentos.
 
Roberto Castello Branco criticou os responsáveis pelo empreendimento venderam ilusões que levaram ao desemprego.

O governador Wilson Witzel comemorou a medida, destacando que tem realizado parcerias com empresários, desde que os interesses sejam comuns, e completou que negocia ampliar a malha ferroviária para a região.

A previsão da Petrobras é concluir em três anos de uma Unidade de Produção de Gás Natural, vinculada ao projeto Rota 3 e que pode produzir 21 milhões de metros cúbicos de petróleo por dia e gerar 8 mil empregos. O Rota 3 tem finalidade de dar escoamento à camada de pré-sal da Bacia dos Santos.

NEWSLETTER
OU