TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Pezão se reúne com comandantes da PM após declarações do ministro da Justiça - Editoriais - Band News FM

Segurança

Texto:
+
-

Pezão se reúne com comandantes da PM após declarações do ministro da Justiça

O secretário de Segurança, Roberto Sá, se mostrou indignado com as acusações

Por Luiza Muttoni, às 09:01 - 01/11/2017 | Atualizado às 09:06 - 01/11/2017

00:00 / 00:00

Torquato Jardim falou que há uma relação estreita entre autoridades e o crime organizado. (Foto: Agência Brasil)

Um dia após as declarações do ministro da Justiça, que afirmou que o Governo do Rio de Janeiro não tem controle sobre a Polícia Militar, o governador Luiz Fernando Pezão se reúne com comandantes de batalhões na tarde desta quarta-feira (1º). O encontro vai ser no Palácio Guanabara, sede do Executivo Fluminense, às duas e meia da tarde.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta terça-feira (31), Torquato Jardim falou que há uma relação estreita entre autoridades, deputados estaduais e o crime organizado.

Ele afirmou que comandantes dos batalhões da Polícia Militar são "sócios" do crime organizado. O ministro chegou a dizer que a morte do comandante do Batalhão do Méier, coronel Luiz Gustavo Teixeira, foi um acerto de contas, e não uma tentativa de assalto, como divulgado.

A Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa vai enviar uma representação à Procuradoria-Geral da República, solicitando investigações sobre as declarações do ministro da Justiça. O secretário de Segurança, Roberto Sá, se mostrou indignado com as acusações, e ressaltou que os desvios de conduta são punidos pelas corregedorias das Polícias.

No entanto, alegou que as declarações não causam interferência na relação entre as pastas. O governador Luiz Fernando Pezão afirma que o Executivo não negocia com criminosos e que as escolhas de comando nas corporações são técnicas.

NEWSLETTER
OU