TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Prefeitura do Rio recolhe material hospitalar de unidade de saúde desativada - Editoriais - Band News FM

Saúde

Texto:
+
-

Prefeitura do Rio recolhe material hospitalar de unidade de saúde desativada

Ao todo serão levados, além de 15 monitores, respiradores e cerca de 90 camas

Por Caroline Lacerda, às 18:48 - 02/04/2020 | Atualizado às 08:08 - 03/04/2020

00:00 / 00:00

A retirada de todo o material deve durar até 72 horas (Foto: Reprodução/Band Rio)

A Prefeitura do Rio recolheu material do Hospital Espanhol, no Centro da cidade, para auxiliar no combate à pandemia do novo coronavírus. A unidade está desativada.

Ao todo serão levados, além de 15 monitores, respiradores e cerca de 90 camas. A retirada de todo material deve durar até 72 horas.

O assessor da Casa Civil, Alexandre Campos, explicou que os agentes tentaram uma negociação com os donos da unidade, mas não houve acordo.

A operação só foi possível devido a um decreto, publicado no dia 12 de março, pelo prefeito Marcelo Crivella, que permite a requisição de qualquer material essencial no combate ao novo coronavírus.

No último sábado (25), um novo decreto deu detalhes de como a ação poderia ser feita. Todos os produtos vão precisar ser inventariados e os donos vão receber os valores referentes aos equipamentos com base em preços que a Prefeitura considera justos.

Alexandre Campos falou que tudo será pago ou por aluguel ou compra. Os donos da unidade não foram localizados.

Os produtos seguem para os dois hospitais que estão dedicados para o tratamento do novo coronavírus vírus, o Ronaldo Gazolla, que já recebe pacientes, e o hospital de campanha do Rio Centro.

NEWSLETTER
OU