TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Prefeitura solicita liberação de empréstimo de R$ 2 bilhões à União - Editoriais - Band News FM

Coronavírus

Texto:
+
-

Prefeitura solicita liberação de empréstimo de R$ 2 bilhões à União

O valor inclui as despesas excepcionais com as medidas de enfrentamento ao coronavírus

Por Yan Miranda, às 19:40 - 25/03/2020 | Atualizado às 20:38 - 25/03/2020

00:00 / 00:00

Marcelo Crivella também pediu a suspensão temporária do pagamento do empréstimo com o BNDES (Foto: Divulgação/Prefeitura)

A Prefeitura do Rio solicitou a liberação de um empréstimo de R$ 2 bilhões, junto à União, para a cidade suportar os gastos relativos à pandemia do novo coronavírus.

O valor inclui as despesas excepcionais com montagem de hospitais de campanha e atendimento de doentes, além de diárias em hotéis para acolher idosos que vivem em favelas onde o risco de contágio é maior, como Rocinha, na Zona Sul, e Jacarezinho, na Zona Norte.

O prefeito Marcelo Crivella também pediu à União que avalie a suspensão temporária do pagamento de parcelas do empréstimo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), relativo a projetos de infraestrutura da Olimpíada, que teriam que ser pagos ainda em 2020.

Nesta quarta-feira (25), cerca de 5 mil, das 20 mil, cestas básicas que vão ser distribuídas para a população atingida economicamente pela pandemia chegaram.

Segundo o executivo municipal, a prioridade são os vendedores de rua cadastrados no programa Ambulante Legal e taxistas autônomos (que pagam diárias).

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos vai publicar uma portaria com a lista, em ordem alfabética, dos cadastrados para retirada das cestas, priorizando Portadores de Necessidades Especiais, Idosos e Mulheres.

O beneficiário deve apresentar documento com foto e comprovante de inscrição como autônomo do Programa Ambulante Legal.

Os locais de distribuição serão nas Inspetorias da Guarda Municipal e em alguns casos a entrega será feita em casa por meio de serviço de táxi.

Para os taxistas auxiliares, o critério de distribuição será na modalidade de drive-thru, no Rio Centro, aproveitando a logística do local. Os taxistas serão informados pelo aplicativo Taxi.Rio. Os permissionários deverão apresentar o CIAT-Rio que é o cartão de identificação de transporte.

NEWSLETTER
OU