TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Serviço do Samu pode ser interrompido após suspensão de repasses do Governo - Editoriais - Band News FM

Saúde

Texto:
+
-

Serviço do Samu pode ser interrompido após suspensão de repasses do Governo

Em maio, os pagamentos da Secretaria de Estado de Saúde foram suspensos, por determinação da Justiça

Por Giovanna Faria*, às 22:02 - 03/07/2020 | Atualizado às 22:03 - 03/07/2020

00:00 / 00:00

O estado do Rio de Janeiro corre o risco de ter o serviço de ambulâncias paralisado na próxima semana. A OZZ Saúde, empresa que gerencia o Samu, afirma que as ambulâncias com menos de 1/4 de gasolina já estão impedidas de sair para serviço. A partir de segunda-feira (6), pode haver uma paralisação geral.

De acordo com o diretor da OZZ Saúde, Eduardo Zardo, ao menos 200 profissionais têm atrasos no pagamento de salários; e na próxima semana o número de funcionários sem pagamento chegará a 1.400.

Em maio, os repasses da Secretaria de Estado de Saúde foram suspensos, por determinação da Justiça. A justificativa foi que a Controladoria Geral do Estado havia identificado um risco de sobrepreço, por conta do contrato ter o valor de R$ 166 milhões, o que é negado pela empresa.

A SES informa que segue impedida de fazer os repasses. A pasta informa que foi aberta sindicância para apurar os fatos, em relação ao contrato, e todas as informações necessárias foram repassadas para a CGE. Os pagamentos vão ser retomados assim que forem considerados regulares.

A CGE confirma o recebimento dos documentos e diz que, em 15 dias, haverá um relatório conclusivo sobre o contrato com a OZZ Saúde.

*Estagiária sob supervisão de Isabele Rangel

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU