TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Setor de serviços avança 1,8% em setembro, diz IBGE - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Setor de serviços avança 1,8% em setembro, diz IBGE

Comparado com setembro de 2019, o setor recuou 7,2%

Por Francini Augusto, às 11:55 - 12/11/2020 | Atualizado às 16:20 - 12/11/2020

00:00 / 00:00

Serviços financeiros e auxiliares puxam a alta de outros serviços (Foto: Agência IBGE)

Pela quarta vez consecutiva, o setor de serviços avança e cresce 1,8% na passagem de agosto para setembro. O período acumula alta de 13,4%.

Comparado com setembro de 2019, o setor recuou 7,2%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira (12) pelo IBGE.

No período analisado, quatro das cinco atividades pesquisadas cresceram. O gerente da Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE, Rodrigo Lobo, fala sobre os destaques.

Outra atividade em destaque foi a de informação e comunicação, que avançou 2% em setembro, eliminando, portanto, a queda de agosto, que foi de 1%.

No acumulado do ano, os serviços prestados às famílias exerceram a influência negativa mais relevante (-38,6%), pressionados, especialmente, pela queda nas receitas de restaurantes, hotéis e outros serviços de comida preparada.

O contador Walter Polycarpo não abria mão de comer fora, mas precisou mudar de hábito com o novo cenário.

O único resultado negativo do mês ficou com os serviços profissionais, administrativos e complementares que tiveram resultado de -0,6%.

Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira (12) pelo IBGE.

No período, quatro das cinco atividades pesquisadas cresceram. O gerente da Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE, Rodrigo Lobo, detalha os destaques:

Outra atividade em destaque foi a de informação e comunicação, que avançou 2% em setembro, eliminando, portanto, a queda de agosto que foi de (-1%).

No acumulado do ano os serviços prestados às famílias (-38,6%) exerceram a influência negativa mais relevante, pressionados, especialmente, pela queda nas receitas de restaurantes, hotéis e outros serviços de comida preparada.

O contador Walter Polycarpo era um que não abria mão de comer fora, mas este cenário mudou.

O único resultado negativo do mês ficou com os serviços profissionais, administrativos e complementares tiveram resultado negativo de -0,6%.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU