TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Valor de seguro de carros aumenta no Rio, aponta Sindicato - Editoriais - Band News FM

Segurança

Texto:
+
-

Valor de seguro de carros aumenta no Rio, aponta Sindicato

A cada 100 veículos 8 são roubados no Rio

Por Christiano Pinho , às 18/05/2017 - 00:31

00:00 / 00:00

O crescimento no roubo e furto de veículos no Estado nos últimos meses aumenta os gastos dos motoristas com seguro veicular. Segundo dados do Sindicato das Seguradoras do Rio de Janeiro e Espírito Santo, a cada 100 veículos segurados no estado, 8 são roubados ou furtados a cada ano. A proporção é bem superior a média nacional que é de 100 para 1. O quadro faz com que o preço do seguro de carro no Rio seja o mais caro do país. 

A situação que é ruim para os motoristas, também prejudica as seguradoras. O valor mais alto faz com que diminua as vendas de seguro. Em todo o Estado apenas 30 por cento dos carros estão segurados. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública, nos três primeiros meses do ano houve um aumento de 24% no número de veículos roubados no estado, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Em números absolutos houve um salto de mais de 3 mil casos. Foram 14.189 no ano passado ocorrências para 17.593 casos esse ano. O maior crescimento foi registrado na Baixada Fluminense com 34%. O número passou de 4.003 casos em 2016 para 5.366 no primeiro trimestre de 2017. 

Em um universo de 100 veículos, 8 são roubados em Mesquita, enquanto 4 são levados em Nova Iguaçu e Caxias. Ainda segundo o Sindicato da categoria, o mesmo número é registrado na cidade de São Gonçalo, na Região Metropolitana. No bairro do Fonseca, em Niterói, aparece em seguida com a metade. Na capital fluminense, Méier e Tijuca apresentam os maiores índices. O primeiro com média 3 e o segundo de quase 2 veículos roubados ou furtados. O número de veículos recuperados também aumentou, mas não conseguiu acompanhar o crescimento de veículos roubados ou furtados em nenhuma das regiões do Rio de Janeiro. Atualmente apenas 47,6% dos veículos são recuperados no estado.

NEWSLETTER
OU