TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Varejo recua em dezembro, mas acumula crescimento de 1,8% em 2019 - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Varejo recua em dezembro, mas acumula crescimento de 1,8% em 2019

Na comparação com o mesmo mês de 2018, houve avanço de 2,6% nas vendas

Por Francini Augusto, às 15:46 - 12/02/2020 | Atualizado às 15:47 - 12/02/2020

00:00 / 00:00

As quedas mais significativas, entre novembro e dezembro do ano passado, foram nos supermercados (Foto: Helena Pontes/Agência IBGE Notícias)

A última liberação do FGTS pode ter influenciado na taxa positiva do varejo, que cresceu 1,8% em 2019. Depois de sete meses seguidos em ascensão, as vendas caíram 0,1% em dezembro na comparação com o mês anterior. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada nesta quarta-feira (12), pelo IBGE.

Na comparação com dezembro de 2018, as vendas avançaram 2,6%. O fotógrafo Rafael Lemos conta que o saque no fundo de garantia ajudou no orçamento.

A variação foi negativa em seis das oito atividades pesquisadas. As quedas mais significativas, entre novembro e dezembro do ano passado, foram nos hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo com -1,2%. O recuo é atribuído a instabilidade nos preços das carnes.

O economista Rodolpho Tobler, da FGV, diz que apesar do resultado positivo a expectativa para 2020 não deve ser muito maior no segmento. O setor de móveis e eletrodomésticos teve um aumento e exerceu o segundo maior impacto positivo acumulando um índice de 3,6% no ano.

De acordo com a gerente da pesquisa, Isabella Nunes, alguns fatores contribuíram para o resultado positivo no segundo semestre de 2019, entre eles o aumento de crédito à pessoa física.

Gr-fico-IBGE-2020-2-12

O segmento "artigos de uso pessoal e doméstico" como lojas de departamentos, óticas, joalherias, artigos esportivos, brinquedos e outros teve a maior contribuição ao resultado geral do varejo, com avanço de 12,9% fechando 2019 com aumento de 6%.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU