TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Witzel terá que prestar esclarecimentos à PGR sobre supostas ameaças ao atual secretário estadual de Saúde - Editoriais - Band News FM

Política

Texto:
+
-

Witzel terá que prestar esclarecimentos à PGR sobre supostas ameaças ao atual secretário estadual de Saúde

Em uma transmissão pela Internet, o governador afastado chamou Carlos Alberto Chaves de mentiroso, por causa das declarações dadas ao Tribunal Especial Misto

Por Andrezza Buzzani, às 13:09 - 07/01/2021 | Atualizado às 16:08 - 07/01/2021

00:00 / 00:00

Witzel também afirmou que se estivesse na sessão, pediria a prisão de chaves (Foto: Reprodução/Internet)

A Procuradoria-Geral da República deu um prazo de cinco dias para que o governador afastado do Rio, Wilson Witzel, preste esclarecimentos sobre supostas ameaças feitas em uma transmissão ao vivo ao atual secretário estadual de Saúde.

Na live, realizada nesta terça-feira (5), Wilson Witzel chamou Carlos Alberto Chaves de mentiroso, por causa das declarações dadas pelo secretário durante o depoimento como testemunha no Tribunal Especial Misto no dia 17 de dezembro. Witzel também afirmou que se estivesse na sessão, pediria a prisão de chaves.

Após a medida adotada pela PGR, Carlos Alberto Chaves declarou que se sentiu protegido e amparado.

No depoimento como testemunha, Chaves disse que encontrou a Secretaria de Saúde aparelhada e relatou as irregularidades que constatou quando assumiu o comando da Pasta. Questionado se Wilson Witzel poderia ter conhecimento dessa situação, Chaves respondeu que a tropa é o reflexo do próprio comandante.

O governador afastado se posicionou em uma publicação pela Internet, afirmando que apenas exerceu o direito dele de defesa diante de informações inverídicas.

O documento foi assinado pela subprocuradora-geral da República Lindôra Maria de Araújo. O prazo dado a Witzel começa a ser contado a partir do momento em que o político for notificado. A defesa do governador afastado foi procurada, mas não retornou.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU