TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Defesa de Wilson Witzel tem até a próxima terça para apresentar alegações finais - Editoriais - Band News FM

Política

Texto:
+
-

Defesa de Wilson Witzel tem até a próxima terça para apresentar alegações finais

A sessão que vai definir o futuro político foi marcada para a próxima sexta-feira (30)

Por Gustavo Sleman, às 17:31 - 26/04/2021

00:00 / 00:00

Para cassar mandato de Witzel são necessários os votos de sete dos dez integrantes (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

A defesa do governador afastado do Rio tem até esta terça-feira (27) para apresentar as alegações finais no processo que julga o pedido de impeachment de Wilson Witzel.

O prazo venceria no último dia 21, no entanto, foi prorrogado por decisão do presidente do Tribunal de Justiça do Rio, após pedidos dos atuais advogados do ex-juiz federal.

As alegações finais da acusação já foram entregues após a conclusão da fase de instrução. Nelas, os deputados Luiz Paulo e Lucinha sugeriram a condenação de Witzel por crimes de responsabilidade e que ele perca os direitos políticos por cinco anos.

O parlamentar Waldeck Carneiro vai protocolar de forma online no dia 29 o relatório final elaborado por ele. O político é relator do Tribunal Especial Misto, colegiado que julga o processo.

Waldeck acredita que o documento e o voto dele façam com que a conclusão do rito corra da forma mais justa possível.

Em entrevista a BandNews FM, o governador afastado Wilton Witzel reafirmou que vai provar ser inocente.

A sessão que vai definir o futuro político de Wilson Witzel foi marcada para a próxima sexta-feira (30). A data foi definida pelo presidente do TJ e do Tribunal Especial Misto, o desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

Na ocasião, acusação e defesa vão poder discursar por 30 minutos cada. Após leitura do relatório e apresentação do voto do relator, vai ser a vez de cada membro do colegiado apresentar seu voto, intercalando desembargador e deputado.

Para cassar o mandato de Wilson Witzel são necessários os votos de sete dos dez integrantes, ou seja, dois terços.

NEWSLETTER
OU