TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Desemprego recua e número de carteiras assinadas avança 2,1% - Editoriais - Band News FM

Mercado de Trabalho

Texto:
+
-

Desemprego recua e número de carteiras assinadas avança 2,1%

O trabalho por conta própria atingiu o patamar recorde, chegando a 24,8 milhões de pessoas

Por Julia Kallembach, às 09:52 - 31/08/2021

00:00 / 00:00

Houve crescimento de 2,5% no número de pessoas empregadas (Foto: Agência Brasil)

O desemprego no País recua 0,6% no trimestre móvel de abril a junho, frente ao período entre janeiro e março, e atinge 14,1%. A população desocupada é de 14 milhões e 400 mil. Houve crescimento de 2,5% no número de pessoas empregadas, chegando a 87 milhões e 800 mil. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, divulgada nesta terça-feira (31) pelo IBGE.

A colunista de economia da BandNews FM, Juliana Rosa, avalia que a redução na taxa de desemprego está diretamente ligada à retomada do setor de serviços.

O número de empregados com carteira assinada no setor privado avançou 2,1%, totalizando 30 milhões e 200 mil. O trabalho por conta própria atingiu o patamar recorde, chegando a 24 milhões e 800 mil pessoas. O aumento é de 4,2% frente ao trimestre anterior.

De acordo com a análise do IBGE, as atividades de alojamento e alimentação, construção, serviços domésticos e agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura puxaram o aumento da ocupação.

Os trabalhadores informais, que incluem aqueles sem carteira assinada, sem CNPJ, que são empregadores ou empregados por conta própria, ou trabalhadores sem remuneração, somaram 35 milhões e 600 mil pessoas e uma taxa de 40,6%. No trimestre anterior, a taxa foi de 39,6%.

A analista de imagem Fernanda Eloy trabalha de forma autônoma, e afirma que a maior dificuldade está no investimento para se consolidar no mercado.

Entre os desalentados, que são pessoas que desistiram de procurar trabalho, houve uma redução de 6,5% em relação ao primeiro trimestre do ano. Mas, segundo o IBGE esse contingente permanece estável na comparação com o segundo trimestre do ano passado.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU