TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Documento elaborado por especialistas da UFRJ pede adoção de medidas urgentes para combater aumento de casos da Covid-19 - Editoriais - Band News FM

Saúde

Texto:
+
-

Documento elaborado por especialistas da UFRJ pede adoção de medidas urgentes para combater aumento de casos da Covid-19

Os profissionais pedem a abertura imediata dos leitos hospitalares, realização de testagem em massa, ampliação da oferta de transporte público, suspensão imediata de eventos presenciais

Por Luanna Bernardes, às 19:28 - 01/12/2020

00:00 / 00:00

As praias são motivo de preocupação para os especiailistas (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

Especialistas da área de saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro assinam uma nota técnica pedindo medidas urgentes para o combate ao crescimento dos casos de Covid-19 no estado.

No documento, os profissionais pedem a abertura imediata dos leitos hospitalares, realização de testagem em massa, ampliação da oferta de transporte público, suspensão imediata de eventos presenciais, fechamento das praias e avaliação de “lockdown”.

Segundo os especialistas, eventos ao ar livre, com máscaras e distanciamento social não representam risco de contaminação. Segundo o infectologista da UFRJ Roberto Medronho, as praias são motivo de preocupação já que, especialmente no verão, as areias ficam aglomeradas.

Ainda de acordo com Roberto Medronho, a primeira onda da doença ainda não foi superada no Rio, já que a redução dos números de contaminados ainda é muito lenta no estado. Na segunda-feira (30), a Secretaria Estadual de Saúde anunciou que mais 150 leitos de Unidade de Terapia Intensiva para pacientes com Covid-19 devem ser abertos em um prazo de 10 dias.

Sobre a possibilidade de um “lockdown” no Rio, tanto o governador em exercício do Rio, Claudio Castro, quanto o prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes, descartam a adoção das medidas. A taxa de ocupação dos leitos de coronavírus na rede SUS - que inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais - no município tem se mantido em pouco mais de 90%.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU