TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Dona Hermínia entrou para história do cinema nacional com trilogia que arrastou milhões a salas de todo país - Editoriais - Band News FM

Cultura

Texto:
+
-

Dona Hermínia entrou para história do cinema nacional com trilogia que arrastou milhões a salas de todo país

A personagem criada pelo ator Paulo Gustavo foi inspirada na mãe do próprio humorista, Déa Lúcia, mas representa um pouco de todas as mães do Brasil

Por Gustavo Sleman, às 18:36 - 05/05/2021

00:00 / 00:00

O comediante morreu aos 42 anos devido a complicações causadas pela Covid-19 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Uma dona de casa barraqueira e linguaruda, mas com um coração enorme e cheia de amor para dar. Dona Hermínia entrou para a história do cinema nacional com uma trilogia que arrastou milhões a salas de todo país.

A personagem criada pelo ator Paulo Gustavo foi inspirada na mãe do próprio humorista, Déa Lúcia, mas representa um pouco de todas as mães do Brasil. Nascido em Niterói, o comediante saiu da Cidade Sorriso para eternizar um legado de risos e recordes na cena audiviosual.

Juntos, os três longas da série 'Minha Mãe é uma Peça' tiveram mais de 30 milhões de espectadores. Lançado em 2019, o terceiro filme da franquia se tornou na época a maior bilheteria do cinema nacional: mais de 10 milhões de pessoas, superando sucessos internacionais como Star Wars e Frozen 2.

Para a presidente da Associação de Críticos de Cinema do Rio, Ana Rodrigues, Paulo Gustavo trouxe um refresco para o gênero da comédia com personagens, apesar de caricatos, realistas e com uma narrativa única.

Ainda como protagonista, Paulo Gustavo ajudou o filme 'Vai Que Cola' a se tornar um fenômeno, que levou mais de 3 milhões aos cinemas. O comediante também atuou em outros longas de sucesso como 'Os Homens São de Marte e é pra lá que eu vou!'.

A colunista de cinema da BandNews FM, Flávia Guerra ressaltou a forma como o ator conseguiu atrair diferentes públicos, mas sem deixar de tocar em assuntos delicados.

Nas telonas, Paulo também estrelou filmes como 'Xuxa em O Mistério de Feiurinha', 'Fala Sério, Mãe' e 'Divã'. O comediante morreu aos 42 anos devido a complicações causadas pela Covid-19.

NEWSLETTER
OU