TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Golpe que frauda o GPS da Uber é registrado em todo o Brasil - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Golpe que frauda o GPS da Uber é registrado em todo o Brasil

Esquema acontece depois que os profissionais colocam o aparelho em modo economia de energia e funciona somente no aplicativo Android

Por Carlos Briggs, às 18:13 - 17/07/2019 | Atualizado às 18:35 - 17/07/2019

00:00 / 00:00

Após denúncias, surgiram mensagens da prática em diversos estados do país (Foto: Agência Brasil)

O golpe em que parte dos motoristas do aplicativo Uber frauda o GPS e aumenta em até 300% o valor das corridas acontece em grande parte do Brasil. O esquema funciona somente através do aplicativo Android e acontece depois que os profissionais colocam o aparelho em modo economia de energia, acessam o roteador e desligam a tela do aparelho.

Na prática, o aplicativo de trânsito fica tentando localizar o aparelho e com isso circula virtualmente na região, dando uma espécie de voltas virtuais, na tentativa de localizar o sistema. Especialistas em tecnologia ouvidos pela BandNews FM explicaram que o golpe é possível porque o celular continua conectado, mas deixa de receber notificações automatizadas.

Depois que vítimas e os próprios profissionais denunciaram o golpe no Rio, surgiram mensagens da prática em diversos estados do país. O motorista de aplicativo, que também circula pela plataforma Uber, Joel da Silva Leite é enfático: a prática está disseminada em toda grande São Paulo e também nas principais capitais brasileiras.

A aposentada paulistana Valdete Intakiln foi vítima do golpe em uma corrida da casa dela, para um hospital próximo.

A contadora Erica Lima conta que o marido dela foi vítima do golpe ao embarcar em um Uber, para o aeroporto de Salvador. Ela conta que o valor só foi ressarcido depois que o cartão de crédito notificou a quantia gasta pela corrida.

A Uber foi novamente procurada diante das novas denúncias, mas manteve o posicionamento de que mantém equipes e tecnologias permanentemente analisando viagens suspeitas ou violações de termos de uso.

A nota também se limita a informar que, em caso de irregularidade comprovada, os envolvidos podem ser descredenciados da plataforma.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU