TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Indicador de produção industrial volta a ser positivo após cinco meses de queda, segundo Firjan - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Indicador de produção industrial volta a ser positivo após cinco meses de queda, segundo Firjan

O índice de confiança do empresário industrial fluminense também avançou, pelo terceiro mês consecutivo

Por Clara Nery, às 14:23 - 06/08/2021

Dados divulgados em primeira mão pelo Grupo Bandeirantes mostram aumento do índice em maio e junho (Foto: Reprodução/Governo do Espírito Santo)

Uma pesquisa inédita da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro revela que depois de cinco meses de queda, o indicador de produção industrial volta a ser positivo, e dá sinais de recuperação.

Dados da Firjan divulgados em primeira mão pelo Grupo Bandeirantes mostram um aumento do índice principalmente em maio e junho. Foram registrados 50,6 e 51,8 pontos, respectivamente. A pesquisa Sondagem Industrial varia de zero a cem, e os resultados acima de 50 representam aumento na comparação com o mês anterior.

Além disso, o aquecimento da atividade industrial fez com que, em junho, a utilização da capacidade instalada nas empresas atingisse 65%. É o maior resultado para o mês desde 2013, segundo o vice presidente da Federação, Luiz Césio Caetano

Os resultados que deixam para trás dados negativos observados durante a pandemia têm, de fato, sido notados pelos empresários do setor, como o diretor comercial da Michelin, Ruy Ferreira.

O índice de confiança do empresário industrial fluminense também avançou, pelo terceiro mês consecutivo, e registrou o maior nível de otimismo do ano: 58,2 pontos. O resultado está acima da média histórica, e é o melhor para o mês desde 2011.

A Firjan pondera que problemas significativos à produção ainda são observados, como a falta ou o alto custo da matéria-prima, além da carga tributária elevada e da baixa demanda interna. Por outro lado, a pesquisa mostrou que a expectativa dos empresários é a de que, em até seis meses, esses pontos apresentem melhora. Com a projeção, a intenção de investimentos também cresceu, e se aproxima da linha de 50 pontos.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU