TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Mais da metade dos moradores do Rio vai presentear parentes e amigos com presentes neste Natal - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Mais da metade dos moradores do Rio vai presentear parentes e amigos com presentes neste Natal

Segundo o estudo, o período deve movimentar R$ 4,6 bilhões na economia do estado

Por Gustavo Sleman, às 20:42 - 09/12/2021

00:00 / 00:00

Cerca dos 56,5% dos consumidores pretendem comprar presentes (Foto: Reprodução)

Mais da metade dos moradores do Rio vai presentear parentes e amigos com lembrancinhas e roupas neste Natal. É o que revelou a pesquisa do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises. Segundo o estudo, o período deve movimentar R$ 4,6 bilhões na economia do estado. No ano de 2020, esse valor foi de R$ 3,3 bilhões.

De acordo com o levantamento, o gasto médio também apresentou elevação, passando de R$ 495,47, no ano passado, para R$ 584,04 em 2021, um acréscimo de quase R$ 90. Cerca dos 56,5% dos consumidores pretendem comprar presentes.

Na análise do diretor do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises, João Gomes, os números são positivos.

Lembracinhas e roupas lideram entre as opções preferidas, com porcentual de 46,1%, seguidas de brinquedos, calçados, bolsas e acessórios. Eletrônicos, livros, ebooks, eletrodomésticos, joias e bijuterias completam a lista.

A estudante Esther Obriem é uma das cariocas que vai trocar os grandes presentes por lembracinhas. Segundo a jovem, de 21 anos, a opção se dá por conta do alto preço dos produtos. 

A piloto de navio Nathalia Tavares vai seguir a mesma linha, mas por conta de um outro motivo: economizar para a cerimônia de casamento.

E para se prevenir de dores de cabeça em relação a possíveis problemas com os presentes, o advogado especialista em Direito do Consumidor, Antonio Carlos Marques, alerta que é necessário ter muita atenção na hora da compra.

Sobre onde fariam as compras, a maior parte dos entrevistados respondeu que se dividiria entre lojas físicas e on-line. A pesquisa ouviu 503 consumidores de todas as regiões do estado entre os dias 26 de novembro e 1º de dezembro.

NEWSLETTER
OU